Assis oficializado como reforço para quatro épocas e meia

Médio reencontra o técnico Jorge Simão, além dos ex-companheiros Paulinho e Battaglia

Presidente António Salvador deu as boas-vindas ao novo recruta de Jorge Simão
• Foto: Sporting Clube de Braga

O Sp. Braga confirmou esta quinta-feira a contratação de Assis, médio que atuava no Desp. Chaves e que assinou um contrato válido por quatro temporadas e meia, ou seja, até junho de 2021.

Apesar de ter outras propostas entre mãos - falou-se do Nantes, de Sérgio Conceição, e FC Porto -, o futebolista de 26 anos escolheu o clube arsenalista, onde irá reencontrar Jorge Simão, com quem trabalhou em Trás-os-Montes.

Em declarações ao site oficial do Sp. Braga, o novo recruta esclareceu os motivos da sua opção.

"Escolhi o Sp. Braga, porque é um grande clube, que tem um grande projeto. As pessoas fizeram muita força para contratar-me e confiaram no meu trabalho. Espero poder retribuir dentro de campo, dar o meu melhor para alcançarmos os nossos objetivos. Senti-me desejado, sem dúvida, e, ao entrar aqui e perceber o tamanho deste clube, não pude dizer que não. O que quero é dar tudo de mim e poder ajudar", prometeu Assis, que confessa ter-se informado junto de antigos companheiros no Desp. Chaves.

"Quem veio primeiro do que eu contou-me sobre a grandeza do clube, a paixão dos adeptos. Abracei o projeto que o presidente tem, assim como o treinador Jorge Simão, e aqui estou eu, para ser mais um e ajudar. Sempre tive o sonho de poder jogar num grande clube e graças a Deus isso concretizou-se", regozijou-se o médio brasileiro, garantindo que os objetivos coletivos serão sempre colocados à frente dos individuais.

"Procuro ter os pés no chão. Fico feliz quando me elogiam, mas o trabalho tem que ser feito dentro de campo e eu trabalho no máximo todos os dias. Ponho sempre a equipa em primeiro lugar, procuro ajudar e deixo as coisas acontecer naturalmente", assegurou o ex-futebolista do Desp. Chaves, aceitando definir-se a ele próprio... enquanto jogador.

"Para mim não há bolas perdidas, sabem que eu deixo tudo em campo. O Sp. Braga viu isso em mim, perguntou-me se eu queria estar aqui e eu nem pensei duas vezes. A minha vontade era estar aqui, a disputar títulos, por isso estou aqui", afirmou Assis, que reencontra em Braga os ex-companheiros Paulinho e o Battaglia.

"Disseram-me que seria um grande passo para mim. Quando cheguei, percebi que o que eles me diziam era verdade. Chego sabendo que tenho muito que aprender com os jogadores que cá estão, experientes, e que eles me vão ajudar a evoluir ainda mais no futebol", revelou, sem falsas modéstias, antes de dar a conhecer o seu percurso (até à pedreira).

"Vim do Cruzeiro, onde fiz a formação, mas onde não tive a oportunidade de chegar à equipa profissional. Estive também no Bahia e foi difícil para mim, por causa da minha estatura. No Brasil preferem jogadores mais altos e não contaram comigo, assim como no Figueirense. Mais tarde joguei no Nordeste e depois vim para o Beira-Mar, onde percebi o estilo do futebol europeu, um estilo taticamente mais evoluído, mais disciplinado, e tudo aconteceu com naturalidade. As coisas têm acontecido muito depressa para mim e hoje estou aqui depois de uma excelente experiência no Chaves. O estilo de jogo europeu favorece-me, porque é mais disciplinado, não coloca problemas quanto à minha estatura porque mesmo quando se chega pelo ar, a bola tem que descer. O futebol europeu exige mais força, o que eu tenho trabalhado, e menos altura, que é o que preferem no Brasil", concluiu o mais recente reforço da equipa treinada por Jorge Simão.

Por João Lopes
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.