Record

Barroso dispara e Wender bisa

MISSÃO CUMPRIDA NO PRIMEIRO TESTE

O primeiro teste do Braga para tirar as medidas à equipa que está em formação para 2003/2004 mostrou que Barroso mantém a veia goleadora da época passada, em que marcou 12 golos na SuperLiga. Ontem, abriu o activo contra o Monção, executando com a habitual potência um livre directo que surpreendeu o guarda-redes João. Wender não quis ficar atrás e apontou dois golos, correspondendo assim à confiança que Jesualdo Ferreira parece depositar nele nas contas iniciais para formar o onze que vai marcar o arranque da competição contra o Porto.

A surpresa da primeira equipa arsenalista foi Narcisse, um jovem médio de 23 anos, nascido no Burkina Faso, mas que estava a jogar no Senegal. A SAD contratou-o para a equipa B, mas na triagem inicial que está sujeita à avaliação de Jesualdo Ferreira surge esse africano a dar mostras de alguma ambição, procurando, assim, uma promoção imediata. Nuno Rocha não jogou, pois padece de uma mialgia e limitou-se a efectuar algum trabalho de campo. Nada de especialmente grave, admitindo-se que hoje o médio já possa treinar-se sem limitações.

Aposta no 4x3x3

O Braga começou e terminou com um 4x3x3 que deverá ser a base de trabalho para este defeso. É nele que o treinador parece querer apostar, tanto mais que até já o tinha dado a entender em alguns exercícios tácticos que antecederam este primeiro exame. Ficou a ideia, mesmo contra um adversário da III divisão, de que os jogadores estão confortáveis com o sistema. As novas peças estão a adaptar-se a uma nova filosofia, mas parece claro que Éder, Jorge Luiz, Soderstrom, Paulo Sérgio e Igor estão com algum avanço em relação aos demais. Mas atenção que o ponta-de-lança Foley continuar a mostrar pormenores interessantes.
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas