Chegou a hora de... Marafona

Guarda-redes volta ao ativo ao fim de um ano e quatro meses, abrindo a luta com Tiago Sá

• Foto: Simão Filho

Marafona tem previsto o seu regresso ao ativo no jogo de amanhã à noite, da Allianz Cup, frente ao Tondela, cenário que, a concretizar-se, marca o fim de um autêntico calvário para o guarda-redes de 31 anos.

Depois da interrupção da Liga, o jogo com os beirões assume-se como a altura ideal para Abel Ferreira conceder uma oportunidade a quem já foi rei e senhor da baliza minhota até ao dia 21 de maio de 2017, quando Marafona saiu com uma lesão grave no joelho esquerdo (rotura do ligamento cruzado anterior) no confronto, precisamente, com o Tondela, na 34ª jornada desse campeonato, após um violento choque com o venezuelano Osorio.

Ao fim de um ano e quase quatro meses sem jogar oficialmente, Marafona pode assim reabrir a luta pela titularidade no Sp. Braga para 2018/19, depois da aposta em Tiago Sá no último jogo, em Chaves, opção imediata de Abel Ferreira após a grave lesão de Matheus.

Recorde-se que quando sofreu a lesão, Marafona era habitualmente chamado por Fernando Santos para compor o leque de guarda-redes da Seleção Nacional e o seu nome estava apontado à Taça das Confederações que se realizou na Rússia, em junho de 2017. O guarda-redes, entretanto, teve uma recaída na sua recuperação e não fez qualquer jogo durante a época 2017/18, vendo Matheus assumir todo o protagonismo na baliza dos arsenalistas, reinado que o brasileiro prolongou no início desta temporada até à lesão, na véspera da deslocação a Chaves.

Por António Mendes
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0