Custódio: «Não adianta bater palmas na varanda e depois não cumprir as indicações do Governo»

Treinador considerou ter sido importante a Liga ter parado antes da jornada 25

• Foto: Luís Vieira/Movephoto

O técnico do Sp. Braga lembrou a importância de serem seguidas as instruções provenientes dos governadores e dos responsáveis de saúde do país. Não só por parte dos jogadores do Sp. Braga, como também da sociedade.

"O que temos passado é a importância de que sejam responsáveis, que fiquem em casa. Não adianta ir às dez horas bater palmas à varanda e depois não acatar as ordens do governo e não ficar em casa. Isto só será possível se fizermos as coisas de forma correta", afirmou Custódio, em conversa com os jornalistas.

O treinador lembrou as notícias sobre o jogo entre a Atalanta e o Valencia para elogiar a paragem da competição antes do arranque da jornada 25. "Ainda ontem vi nas notícias o jogo da Atalanta com o Valencia, que foi um problema maior naquela zona de Itália. Não sei se paramos no tempo certo, mas conseguimos antecipar algo em relação aos outros países. Parar antes dessa jornada foi muito importante", vincou Custódio, pouco preocupado com o regresso da competição.

"Não tenho pensado muito nisso, não sei se essa é a grande questão. Neste momento o mais importante é as pessoas terem segurança, que não falte nada às pessoas. O meu foco neste momento é o combate à pandemia. Temos de ser responsáveis, não tenho medo do que possa acontecer em termos futebolísticos", disse.

Mas, quando o campeonato for retomado, Custódio tem uma certeza: "As equipas vão estar em pé de igualdade e todas estarão prontas para disputar estas jornadas que faltam, se assim acontecer. Não tenho dúvidas que nós, Sp. Braga, estaremos preparados."

O surto de Covid-19 surgiu numa fase em que Custódio tinha pouco tempo no comando técnico da equipa principal do Sp. Braga. Estreou-se com uma vitória frente ao Portimonense, mas depois tudo ficou suspenso. "Depois de assumir a equipa A, não queria que isto acontecesse. Mas não posso ser egoísta ao ponto de pôr as minhas ambições à frente de uma questão de saúde pública em que temos de combater uma pandemia", frisou.

Por André Gonçalves
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.