Domingos Paciência recorda final de Dublin: «Passei dias e dias no Bom Jesus a ver os aviões»

Era o treinador do Sp. Braga na altura e ambicionava conquistar um título que lhe faltou até como jogador

• Foto: Manuel Araújo

Domingos Paciência foi um dos protagonistas do Sp. Braga 2010/11 a recordar a caminhada europeia dessa época, que culminou com a derrota na final da Liga Europa para o FC Porto, faz hoje nove anos.

"Passei dias e dias no Bom Jesus, em frente à igreja, a pensar e pensar e a ver o rasto dos aviões penado que aquele é o caminho. Se calhar estava a ficar maluco, mas um treinador vive as coisas assim, foram momentos únicos preparar aquela final. E depois tudo acabou e não acabou como queríamos. Todos nós fizemos o máximo, empenhámo-nos ao máximo e demos o máximo para ganhar a Liga Europa", explicou Domingos Paciência, à Next.

"Eu tinha de ganhar aquele jogo. Queria ter aquele título na carreira, que não tive como jogador e queria como treinador. Foi a maior tristeza que tive", acrescentou.

Por André Gonçalves
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0