Frescura a pensar em Alvalade

Sá Pinto operou gestão do plantel

• Foto: Peter Spark/Movephoto

A era de Sá Pinto em Braga arrancou com três vitórias consecutivas amealhadas num período de apenas sete dias. Desempenho capaz de dar ênfase ao projeto europeu dos minhotos e que o treinador pretende prolongar no seu regresso a Alvalade sem ter de pagar nenhuma fatura do esforço entretanto acumulado. Ideia que o responsável bracarense defendeu não só com a rotação dos recursos à sua disposição, mas também com a capacidade de resposta de quem é chamado à equipa, como foi a surpreendente aposta na estreia de Caju, em detrimento de Sequeira.

"Sinto a equipa muito bem, quer do ponto de vista anímico, quer físico, pelo que espero que este acumular de jogos não tenha repercussões no nosso rendimento", comentou o responsável arsenalista, convicto na resposta de todas as alternativas: "Estou muito satisfeito com o trabalho que temos vindo a desenvolver, bem como com a resposta de todos, mesmo com a atitude motivadora dos que estão fora ou têm somado poucos minutos."

Já a titularidade de Caju ou o nível de André Horta não mereceram especial destaque na análise de Sá Pinto, que aproveitou o momento para elogiar todo o plantel. "O Caju mereceu a oportunidade, mas também confio no Sequeira e o André correspondeu de forma excecional, como aconteceu com todos os que têm jogado."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.