Galeno: «Sp. Braga é o melhor para mim»

Assinou até 2024 e fica protegido por uma cláusula de rescisão de 15 milhões de euros

Galeno foi anunciado oficialmente como reforço do Sp. Braga na tarde de ontem. O contrato é válido até 2024, tal como já tínhamos antecipado, e a cláusula de rescisão é de 15 milhões de euros. Uma oportunidade de negócio que a SAD do Sp. Braga não desperdiçou, resgatando um extremo que não teria espaço para brilhar ao serviço do FC Porto. E, como tal, o brasileiro apresenta-se feliz na Pedreira e com vontade de mostrar serviço a Sá Pinto.

"Estou muito feliz. É uma proposta muito difícil de não aceitar. Sei da grandeza do Sp. Braga, espero ser feliz aqui e ajudar a equipa a conquistar os objetivos. Não pensei duas vezes, porque entendo que o Sp. Braga é o melhor para mim neste momento da carreira e por isso estou muito feliz por estar aqui", referiu o jogador, em declarações aos meios de comunicação dos guerreiros. "Os adeptos podem esperar de mim muita força de vontade. Isso não pode faltar. Acho que vou fazer uma grande época aqui e espero que os adeptos me possam ajudar também. Podem ter a certeza que vou dar o meu máximo. Assistências e golos são o mais importante, mas quero ajudar o Sp. Braga de todas as maneiras", apontou.

Galeno chega aos arsenalistas depois de uma temporada emprestado pelo FC Porto ao Rio Ave, onde assinou 9 golos em 36 jogos oficiais. "Espero dar continuidade ao bom trabalho no Sp. Braga. Vou ajudar a equipa, usando todas as minhas forças dentro de campo. Vou dar tudo de mim", prometeu Galeno, de 21 anos.

Certo é que vai ter forte concorrência na luta por um lugar na equipa titular, uma vez que o treinador Ricardo Sá Pinto também conta com Wilson Eduardo, Ricardo Horta, Murilo, Trincão e Luther Singh para as asas do ataque. "A luta pela titularidade vai ser dura e vou ter de trabalhar bem todos os dias. Quero muito ajudar o Sp. Braga. Estou muito ansioso", admitiu Galeno.

O Sp. Braga fica com a totalidade dos direitos desportivos e económicos e o FC Porto terá direito a 50% da mais-valia de uma eventual transferência, no futuro. Os valores do negócio ainda não eram conhecidos à hora do fecho desta edição.

Por André Gonçalves
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.