Jorge Simão: «O lance que decidiu o jogo não existiu»

Técnico arsenalista queixa-se do penálti que deu o terceiro golo ao P. Ferreira

• Foto: Octávio Passos/Lusa

O Sporting de Braga voltou aos desaires na Liga NOS e a derrota em Paços de Ferreira, por 3-1, pode mesmo hipotecar a candidatura ao 4.º lugar - em caso de triunfo sobre o Boavista, o Vitória de Guimarães ficará com uma vantagem de cinco pontos, ficando a faltar apenas quatro jornadas para o final do campeonato.

"Assistimos a um jogo vivo, bem jogado, com bons lances de parte a parte. Tivemos a primeira possibilidade de fazer golo, mas o Paços teve a felicidade de marcar primeiro do que nós. Depois do livre que deu o 2-0 ao Paços, ainda tivemos capacidade de resposta positiva, mas, depois do lance do terceiro golo, perdemos estabilidade", referiu o treinador dos bracarenses, Jorge Simão.

O técnico desvalorizou ainda as muitas ausências na equipa e queixou-se do controverso penálti que ditou o último golo pacense. "Se o meu discurso tem sido na valorização de todos os jogadores do plantel, não é num mau momento que o vou deixar de fazer. O jogo podia ter tido outra história, porque o lance que decidiu o jogo não existiu e foi numa altura em que o Braga estava à procura do golo do empate. O lance foi claramente fora da área", frisou.

Ainda assim, Jorge Simão garantiu que não desiste da luta pelo 4.º posto. "O objetivo passa agora pelo quarto lugar e sinto que ainda está vivo. Temos de nos focar nos próximos jogos", concluiu o técnico arsenalista.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.