Jorge Simão quer Assis no miolo

Brasileiro impressionou o técnico em Chaves e a ideia passa por recrutá-lo

• Foto: Simão Freitas

Titular indiscutível em Chaves e, se dependesse de Jorge Simão, também em Braga. Assis, brasileiro de 26 anos, é desejado pelo novo técnico arsenalista neste mercado de inverno, um pretensão que já fez chegar a António Salvador.

Tal obrigará o Sp. Braga a sentar-se à mesa das negociações com o Chaves, uma vez que Assis tem contrato válido com os flavienses até ao final da presente temporada. Como se percebe, o facto da ligação ser de curta duração poderá ajudar os arsenalistas a garantir Assis como reforço no imediato, sob pena do Chaves acabar por ver sair o jogador a custo zero no verão.

No plano técnico, que é naturalmente aquele que mais interessa a Jorge Simão, o brasileiro é o médio rigoroso do ponto de vista tático e fisicamente intenso com que o novo treinador do Sp. Braga gosta de contar nas suas equipas. Se dúvidas houvesse, a utilização que Assis teve na primeira metade do ano comprova a confiança que Jorge Simão deposita no seu antigo jogador. Em 13 jornadas da Liga NOS, o médio foi titular em 12, cumpriu os 90 minutos em todas elas e só não fez a 13ª partida na prova sob o comando de Simão porque acabou por ser expulso na visita a V. Guimarães. Além deste lote de encontros, também foi titular em três partidas da Taça de Portugal.

Lembre-se que, apesar das várias opções de que o Sp. Braga dispõe para a zona do meio-campo, Mauro, aquele que era o sucessor natural de Luiz Carlos, está afastado desde novembro e tem ainda vários meses de recuperação pela frente após grave lesão. E José Peseiro até teve de promover Xeka da equipa B...

Por André Monteiro
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0