Jorge Simão sabe travar o FC Porto

Técnico tem historial positivo ante os dragões

A única vez em que Jorge Simão e Nuno Espírito Santo se defrontaram foi na Taça de Portugal, em Chaves. O nulo resistiu e Nuno perdeu nos penáltis.

Título abortado ao primeiro duelo

O primeiro encontro imediato entre Jorge Simão e o FC Porto ocorreu a 17 de maio de 2015. O técnico que tinha rendido Lito Vidigal, garantindo a reta final do campeonato pelo Belenenses, travou os dragões de Julen Lopetegui (1-1) e permitiu desde logo a festa ao Benfica. Como as águias não foram além de um nulo em Guimarães, o triunfo portista permitia uma aproximação que deixava a questão do título adiada para a derradeira jornada. Simão arrumou logo com o assunto.

Apelo sem efeito com Jota a ajudar

Após a derrota em casa com o Tondela, em abril de 2016, Pinto da Costa afirmou que o FC Porto tinha "batido no fundo". Esperava-se uma reação forte em P. Ferreira, mas o conjunto orientado por José Peseiro foi apanhado na rede de Simão e Diogo Jota, na altura ao serviço dos castores, selou o 1-0 final.

Chave tática trancou baliza

O embate para a Taça de Portugal, em Chaves, já se adivinhava complicado para o FC Porto. Jorge Simão emperrou o ataque azul e branco e levou a decisão para os penáltis, onde o estudo prévio foi decisivo em favor do guardião António Filipe. No Dragão, para a 1ª Liga, já não esteve no banco flaviense.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0