Micael Sequeira e a final da Allianz Cup: «Estamos confiantes, mas não em excesso»

Treinador-adjunto do Sp. Braga partilha favoritismo com FC Porto

• Foto: José Reis / Movephoto

O treinador adjunto do Sp. Braga, Micael Sequeira, partilhou esta sexta-feira o favoritismo com o FC Porto para a final de sábado da Allianz Cup (19h45, Estádio Municipal de Braga) notando que "a equipa está confiante, mas não em excesso".

O que fazer para ganhar a final? Preparámos bem o jogo e estamos confiantes, perante um FC Porto fortíssimo. A final de 2013 é passado, amanhã será outro jogo. Preparámos o jogo de forma normal, como temos vindo a fazer, e não alterámos muito.

Jogadores do FC Porto mais experientes: É um facto, têm muitas finais, mas isso também não terá grande importância. É uma final diferente, são apenas 90 minutos e acreditamos na forma como preparámos este jogo. Estamos confiantes, mas não em excesso.

Vitória no Dragão ajuda a motivar? À semelhança do jogo anterior, nunca iremos entrar favoritos, não temos essa mentalidade nem nos vamos colocar em bicos de pé. Podemos é partilhar o favoritismo. O FC Porto é fortíssimo coletivamente, tem jogadores que podem decidir um jogo e é muito bem orientado. Não vai influenciar em nada o facto de termos vencido no Dragão. Esse seria o princípio da derrota e estamos muito focados neste jogo.  

É o primeiro grande teste desde a chegada de Rúben Amorim? Não posso negar. É uma final, tem um sentimento especial e que nos pode levar a conquistar um troféu, na nossa cidade, mas a preparação foi exatamente a mesma. O que está para trás faz parte do passado. Teremos cautelas estratégicas, mas vamos manter a nossa identidade, tomando a iniciativa do jogo e à procura do golo.

Palhinha titular? Felizmente todas as opções têm dado boas respostas e jogará quem achamos que deve jogar. Temos confiança em todos, todos estão muito bem.

Favoritismo: O favoritismo está partilhado e temos essa noção. Temos de estar esperançados na nossa organização.

Preparação a pensar num FC Porto com dois avançados: Preparámos todos os cenários possíveis. O mais importante é manter a nossa filosofia, identidade e jogar da mesma forma. O plano estratégico nunca irá influenciar a nossa forma de jogar.

Sp. Braga a jogar em casa: Temos noção que teremos de ser nós a puxar pelos adeptos. Foram irrepreensíveis no último jogo e teremos de ser nós a puxar por eles, a jogar pela vitória. Vamos jogar para ganhar, como é óbvio, e vamos tirar partido de jogar em casa. Os jogadores têm consciência que é a última oportunidade de ganhar um troféu, sabendo que as finais ganham-se com equilíbrio emocional.

Lugar na história: Naturalmente que trabalhar sobre vitórias é diferente. O balneário tem-se mantido com muita ponderação, controlados emocionalmente e isso surpreendeu-me. É um grupo de trabalho humilde, todos querem conquistar um lugar na história do clube e amanhã é a nossa oportunidade.

FC Porto com ou sem Danilo: Não vou revelar se preparámos o jogo com o Danilo, mas a nossa preocupação somos nós próprios. O FC Porto tem excelentes jogadores, mas o importante é olharmos para a nossa identidade. 

Por José Mário
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.