Palhinha desafiado a lançar um desejo: «Ser campeão pelo Sp. Braga»

Médio lembrou período difícil no Sporting, crescimento no Minho e não falou do futuro

• Foto: Luís Vieira/Movephoto

Alguns dias depois de Trincão, desta vez foi João Palhinha a responder às questões dos adeptos do Sp. Braga, na rubrica 'Duas de Letra'. Sem ser confrontado com questões relacionadas com o seu futuro, as respostas de Palhinha incidiram particularmente sobre o seu progresso ao serviço do Sp. Braga. Desafiado a escolher um desejo para realizar, respondeu assim: "Tenho muitos e alguns não são possíveis de realizar. Mas o primeiro que me vem à cabeça é ser campeão pelo Sp. Braga."

O médio, de 24 anos, considerou que a "vitória mais saborosa" foi a final da Taça da Liga, em janeiro passado, conquistada pelo Sp. Braga diante do FC Porto, o que já tornou esta temporada na melhor do seu percurso profisisonal.

"Está a ser a época mais benéfica a nível individual. Já conquistámos uma Taça da Liga. Por si só, já é uma época diferente das outras. Tenho mostrado o meu valor, como fiz na temporada passada, muito graças ao grupo que tenho e estrutura envolvente, desde departamento médico à equipa técnica", referiu. E um dos pontos altos foi o golo apontado na Luz.

"Foi um golo muito especial pela envolvência toda. O Sp. Braga não ganhava ao Benfica na Luz [n.d.r.: para o campeonato] há 60 e tal anos. Mais do que o golo, o mais importante foi termos conquistado os três pontos e quebrado esse jejum de vitórias naquele estádio. Não escondo que fiquei muito feliz por ter feito o golo, que é sempre importante", recordou.

Instado a resumir o seu percurso no Sp. Braga e evolução no plano profissional e humano, Palhinha garantiu que não se arrepende da opção. "A passagem pelo Sp. Braga tem sido de crescimento tanto a nível pessoal como a nível profissional. Não me arrependo de forma nenhuma de ter vindo para Braga, pois só me trouxe coisas positivas na vida. É com muito orgulho que represento o clube, que me tem ajudado a evoluir desde o primeiro dia. Tenho crescido muito e o clube deu-me a oportunidade de mostrar o meu valor. De forma alguma me sinto arrependido. Só tenho coisas boas a agradecer à estrutura, que me deu a mão numa altura menos bonita da minha carreira", referiu, replicando a ideia que já tinha transmitido em entrevista ao nosso jornal, em setembro passado.

O jogador refere-se à experiência na equipa principal do Sporting, onde foi pouco utilizado, classificando esse como o momento mais difícil da carreira. "Foi uma fase em que não estava a jogar tanto e o apoio da família foi fundamental. Não é fácil sentirmos que temos capacidade de ajudar a equipa e não estar a jogar e não mostrar ao mundo o real valor que temos. Estava no Sporting. Foi o momento mais difícil a nível profissional", referiu o jogador, que está no Sp. Braga emprestado pelo Sporting, cedência que termina no final desta época.

Crescimento do clube e... os jornais

Palhinha destacou ainda o crescimento do Sp. Braga. "Para mim já é um grande do futebol português e ach oque, se continuar assim, vai cada vez mais conquistar objetivos a nível nacional e internacional. Na Liga Europa fizemos uma campanha muito boa e isso é de valorizar. Na Liga as coisas estão a correr bem, o que é demonstrativo do crescimento do clube, que cada vez mais luta por objetivos pelos quais os considerados grandes lutam", referiu o camisola 60 do Sp. Braga, antes de ser confrontado com a forma como lida com as notícias da comunicação social.

"Não ligo muito, porque temo de abstrair-nos de certas coisas a nosso respeito. Não podemos valorizar as coisas más que os jornais dizem, pois na nossa profissão a crítica sai de toda a gente. Não ficamos indiferentes quando dizem coisas boas, mas quando dizem coisas más abstraimo-nos", apontou.

Por André Gonçalves
1
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.