Paulo Fonseca: «Há quem ainda esteja a sangrar pela final do ano passado»

Treinador confiante numa vitória frente ao FC Porto

• Foto: Lusa

Não terá ainda contado os degraus que separam o relvado do Estádio Nacional à tribuna onde sonha levantar a Taça de Portugal, mas Paulo Fonseca só pensa nesse momento. Este sábado, em conferência de imprensa de antevisão ao encontro com o FC Porto agendado para amanhã (17H15), o treinador do Sp. Braga não escondeu a confiança em conquistar o troféu.

"Ganhar a taça seria fechar com chave de ouro a temporada. No início da época tínhamos como objetivo repetir a presença na final da Taça, e ganhar seria a cereja no topo do bolo. É uma competição que o clube não ganha há 50 anos, esteve muito próximo de vencer no ano passado [ndr: os bracarenses foram derrotados pelo Sporting nos penáltis]. Vencer era transformar uma época muito boa numa época fantástica", afirmou o técnico.

"As pessoas estão a sangrar com o que se passou no ano passado, estivemos muito perto de vencer. Sei que criámos expectativas às pessoas que as leva a pensar que este ano é possível", sublinhou.

E prosseguiu, 'desvalorizando' o facto do adversário ser o FC Porto, equipa que orientou em 2013/14: "O jogo tem um significado especial porque é uma final da Taça, independentemente do adversário. Era um sonho de criança estar aqui e ser frente ao FC Porto não o torna mais especial".

Paulo Fonseca lembrou ainda que o "Braga chega a esta final com todos os objetivos cumpridos". "O facto de os últimos jogos não terem sido de acordo com o que pretendíamos - e por diversas razões que poderia descrever -, não nos tira a ambição de estarmos na final. É um jogo diferente, especial, e os jogadores vão estar no pico da motivação".

A estatística que nada vale

Na época que agora termina, o Sp. Braga venceu o Sp. Braga em casa e empatou no Dragão, estatística que não entra nas contas de Paulo Fonseca.

"Para este jogo, isso não conta nada. É um jogo diferente, para o qual todos têm uma motivação extra, num ambiente fantástico", referiu.

E se a estatística de nada vale, pouco vale também a coincidência de se assinalarem precisamente amanhã 50 anos da última conquista da Taça de Portugal pelos bracarenses.

"O facto de ter sido no mesmo dia não me faz acreditar que seja mais possível. Há poucas coisas que me fazem acreditar muito mais que é possível. Não tenho imaginado outra coisa que não subir aquelas escadas e pegar nesta taça única. Há diversos factores q me fazem acreditar que amanhã é possível sair daqui com esta taça. É um momento em que todos vão querer demonstrar que se é merecedor desta final. A equipa está preparada para enfrentar o FC Porto reconhecendo o valor do FC Porto e o que esta taça possa representar para eles".

Por Sofia Lobato
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.