Record

Paulo Monteiro cresce com a melhor defesa

ANTÓNIO CALDAS AVALIA O JOVEM DEFESA

Aproveitar as circunstâncias. Tem sido esse o percurso de Paulo Monteiro em Braga, sobretudo nos últimos meses. Chamado por Jesualdo Ferreira no final da temporada transacta, fez o estágio de pré-época com o plantel profissional, mas foi o empréstimo de Maurício ao Estrela da Amadora a definir a sua continuidade com a principal equipa. A lesão de Nunes deu-lhe espaço nas convocatórias e a estreia aconteceu sábado, frente ao Marítimo. Obrigado a substituir Paulo Jorge, Jesualdo Ferreira proporcionou os primeiros minutos no escalão principal a Paulo Monteiro. Aos 20 anos, o defesa-central está a crescer na equipa que lidera a Liga e recebeu uma prova de confiança de Jesualdo Ferreira.

António Caldas, que orientou Paulo Monteiro na equipa B dos minhotos, conhece o valor do defesa. “Joga bem, sai bem com a bola controlada. Tem facilidade em integrar-se no jogo de meio-campo e tem algum conhecimento ofensivo”, avalia o técnico, que deixou a segunda equipa bracarense em meados de Outubro, para assumir o comando do D. Chaves.

Dar tempo ao tempo

Natural das Taipas, Paulo Monteiro passou pelas camadas jovens do V. Guimarães, mas não transitou directamente para os escalões de formação arsenalistas. Passou uma época nos Dragões Sandinenses, só depois tendo rumado a Braga. António Caldas teve papel importante na etapa de transição entre os escalões jovens e o futebol profissional. O técnico aconselha prudência e lembra que a Liga tem exigências a que Paulo Monteiro se tem de adaptar. “Ainda não é um jogador de Liga, mas pode vir a sê-lo em breve. Ainda busca a sua afirmação, mas é óbvio que tem potencial e que vai ganhar confiança e motivação com o tempo”, acredita António Caldas, que antecipa a importância do capitão bracarense no processo de desenvolvimento do jovem central. “O Paulo ainda precisa de tempo de trabalho, mas vai crescer muito junto do Nem, tal como aconteceu com o Paulo Jorge”, recorda. Para já, e além da maturidade que se exige no escalão maior, Paulo Monteiro tem ainda por onde melhorar. “É um jogador agressivo, no bom sentido, mas ainda lhe falta “timing” na abordagem aos lances”, avalia António Caldas, confiante no valor do defesa: “Pode ser muito útil ao Sp. Braga no futuro.”
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas

M