Revolta aguça ataque ao 3.º lugar

Jogadores prometem resposta forte contra o Rio Ave para esquecer desaire com o Boavista

• Foto: Simão Freitas

O Sp. Braga não ganhou qualquer título esta temporada como era objetivo de António Salvador, mas ainda pode festejar uma vitória estrondosa na última jornada do campeonato. Ganhar em Vila do Conde e esperar que o Marítimo faça o mesmo na receção ao Sporting dá à equipa de Abel Ferreira o 3º lugar no campeonato. Os guerreiros atacaram 2017/18 com a forte convicção de que se podiam intrometer na luta pelos lugares do pódio e nada melhor do que, no último sprint, ultrapassar o rival de Alvalade com quem, recorde-se, as relações azedaram bastante nos últimos meses.

Há três dias, o Sp. Braga escorregou em casa diante do Boavista e, no final do jogo, a revolta era grande no balneário. Treinador e jogadores não gostaram da prestação coletiva na 1ª parte, que em muito ajudou a que os adeptos não festejassem um triunfo na despedida dos jogos na Pedreira. Logo nesse momento, o plantel, a uma só voz, prometeu uma resposta firme em Vila do Conde. A ideia é acabar a época com uma exibição de classe, repetindo o filme de tantos e tantos jogos realizados desde que Abel Ferreira assumiu o comando técnico. O futebol positivo, de ataque, equilibrado na retaguarda e feroz na ofensiva será para mostrar num relvado onde até costuma jogar um dos coletivos mais elogiados no nosso campeonato. A verdade é que os arsenalistas somam mais 20 pontos do que os vila-condenses e é essa superioridade que Abel Ferreira quer confirmar no confronto com Miguel Cardoso.

A confirmar-se, resta esperar pelo tal deslize do Sporting para, aí sim, festejarem um ano em que quase tudo correu bem. Falta o 3º lugar.

Por Ricardo Vasconcelos
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.