Ricardo Horta: «Soubemos ter paciência e chegar ao golo»

Marcou o tento da vitória arsenalista

• Foto: EPA

Ricardo Horta, autor do golo que deu o triunfo ao Sp. Braga diante do Spartak Moscovo na primeira mão do playoff da Liga Europa, mostrou-se feliz por esse feito mas estendeu o mérito à equipa.

Estratégia:

"Sabíamos que íamos defrontar uma grande equipa, que vinha para dificultar ao máximo, mas soubemos ter paciência, soubemos ter essa posse rápida para chegar ao golo. Comprometemo-nos com os objetivos, que era marcarmos e não sofrermos, mas isto ainda só está na primeira parte. Estamos em vantagem, mas falta o segundo jogo."

Mudanças ao intervalo:

"Sabíamos que tínhamos de acelerar. Queríamos ganhar, marcar e tivemos de acelerar processos. Fizemos isso e chegámos ao golo."

Golo:

"Um jogador que joga na frente tem de destacar-se por algo, assistências ou golos, é o que quero fazer. Mas também quero ajudar no trabalho defensivo. Hoje fui feliz por marcar o golo, mas o que importa é a equipa e a vantagem para o próximo jogo."

Por Pedro Morais
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.