Rúben Amorim: «Mathieu foi ao nosso balneário e pediu desculpa ao Esgaio»

Treinador do Sp. Braga revelou gesto do defesa francês do Sporting

• Foto: Lusa/EPA

O treinador do Sporting de Braga revelou em conferência de imprensa que Jérémy Mathieu foi à cabine da equipa minhota pedir desculpa a Ricardo Esgaio após a entrada dura que valeu a expulsão ao defesa do Sporting nos últimos minutos da meia-final da Allianz Cup que terminou com triunfo (2-1) dos bracarenses.

"O Mathieu foi ao nosso balnáario, puxou pelo Esgaio e pediu desculpa ao jogador. Ver um jogador desta categoria fazer isto realça a sua qualidade e a grandeza do clube dele", afirmou Rúben Amorim na sala de imprensa do Estádio Municipal de Braga.

Análise ao jogo

"O Sp. Braga teve sempre o controlo do jogo. Nos últimos 15 minutos da primeira parte perdemos alguma pressão e o jogo equilibrou. Mas quem viu o jogo viu um Sp. Braga superior ao Sportng. Depois da expulsão foi mais difícil arranjar espaço mas continuámos a atentar com qualidade e não desligámos da nossa ideia. Substituições? Quem entrou, entrou bem e é uma vitória justa do Sp. Braga".

FC Porto ou V. Guimarães na final

"Não tenho preferência no adversario. Estamos na final e temos de esperar pelo jogo de amanhã. São equipas diferentes mas de grande qualidade e qualquer um vai ser forte no sábado. Defrontar o FC Porto nunca é vantagem, é sempre muito difícil, tal como o V. Guimarães. Podemos é interpretar de forma diferente em termos psicológicos. Com o FC Porto seremos um outsider, com o V. Guimarães traria outra coisa à cidade e aos adeptos. É esperar para ver.. Estamos muito felizes por estar na final e quem vier teremos de estudar bem, por isso não vou escolher".

4 vitórias em 4 jogos no comando da equipa

"Isto muda de um dia para o outro... Há muita gente à espera da primeira derrota e vou tentando adiar. O futebol é assim, com vitórias há muitos abraços e com as derrotas muda tudo. Quem anda no futebol consegue  lidar com isso mas no que depender de mim e dos meus jogadores vamos tentar adiar isso. Não podia escolher começo melhor mas acho que a equipa merece, trabalha muito bem e jogou muito bem todos os jogos".

Galeno e Ricardo Horta no 11 inicial

"Senti o Trincão um pouco cansado na parte final do jogo no Dragão. Tem muito talento mas ainda não define bem em termos de pressão. O  Galeno é muito forte no um para um e criou muitas oportunidades. O Ricardo [Horta] é um jogador que todos os treinadores querem ter. Sou um fã dele, nem sempre é o mais vistoso, mas dá tudo à equipa e é um jogador acima da média ao seu estilo". 

4
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.