Sá Pinto: «Houve muito antijogo»

Técnico dos minhotos aponta o dedo ao árbitro Rui Costa

• Foto: Peter Spark / Movephoto

Sá Pinto, no final, queixou-se da dureza do adversário. "Foi um jogo excessivamente agressivo. Também foi permitido. O Aves lutou com as armas que tinha, mas, em termos de jogo, não jogou. Limitou-se a jogar para a frente. Usou essa estratégia, a agressividade, para parar o jogo constantemente, num terreno difícil para jogar. Não conseguimos adaptar-nos ao terreno", analisou o treinador, que também referiu alguma falta de sorte e permissividade do árbitro Rui Costa.

"Na segunda parte conseguimos criar oportunidades e tivemos algumas para fazer golo, mas a sorte não quis nada connosco. Foi permitido demasiado ao adversário. O Rui Costa é um bom árbitro, mas houve muitas paragens neste jogo. Houve muito antijogo e isso foi muito consentido", concluiu Sá Pinto.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.