Sp. Braga defende Shade Pratt: «Não ao racismo»

Minhotos já avançaram com participação disciplinar junto da FPF

O Sp. Braga emitiu um comunicado sobre o caso de racismo de que foi alvo Shade Pratt, jogadora da equipa feminina dos arsenalistas, e que foi esta quarta-fera revelado pela própria

Os arsenalistas sublinham que "a discriminação é um ataque intolerável às regras básicas que norteiam a noção de sociedade" defendida pelo clube e confirmam que já agiram junto da FPF, através de uma participação disciplinar.

"A nossa atleta teve, desde a primeira hora, total apoio da estrutura do clube e das suas colegas de plantel", lê-se na nota divulgada no site oficial dos bracarenses, que elogiaram ainda a "coragem" de Shade Pratt.

Eis o comunicado na íntegra:

"O SC Braga tem uma história e uma identidade muito claras na defesa e na promoção dos valores que queremos para o desporto e para a sociedade.

Sabemos de que lado estamos, quer enquanto instituição, quer enquanto grupo de pessoas que se unem em torno de um símbolo e que partilham dos seus princípios.

Ser do SC Braga implica a valorização do outro, o respeito pela diferença e a luta intransigente por uma convivência que salvaguarde aquilo que defendemos para a vida em comunidade.

A discriminação é, para este clube, um ataque intolerável às regras básicas que norteiam a nossa noção de sociedade e não passará sem a devida denúncia e a afirmação categórica do posicionamento que exigimos para o SC Braga.

Com a coragem que lhe admiramos, a nossa atleta Shade Pratt decidiu tornar público um episódio lamentável e que já mereceu, da parte do clube, uma participação disciplinar para a Federação Portuguesa de Futebol, cujo histórico é também claro na defesa deste desporto enquanto veículo de aproximação entre as pessoas, qualquer que seja a sua origem.

A nossa atleta teve, desde a primeira hora, total apoio da estrutura do clube e das suas colegas de plantel. Um plantel multicultural, que cultiva o valor da diferença e que tem na diversidade uma das suas maiores riquezas, fator de união e de identidade comum que é também uma das razões do nosso sucesso enquanto clube e da nossa equipa feminina em particular.

Há momentos definidores que exigem das grandes instituições uma resposta firme: o racismo deve ser denunciado e combatido. O SC Braga e as pessoas que o fazem não deixarão de expressar o seu rotundo NÃO ao racismo e a toda e qualquer forma de discriminação."

Por André Gonçalves
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.