Record

Sp. Braga reage a Francisco J. Marques: «Registamos com pesar que vivemos no faroeste»

Diretor de comunicação do FC Porto acusa minhotos de não terem pago Djavan ao Benfica

• Foto: Movenoticias
O Sp. Braga reagiu esta quarta-feira à acusação de Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto, que ontem no Porto Canal acusou o clube minhoto de não ter pago ao Benfica pela transferência do jogador Djavan.

Em comunicado, o clube minhoto diz que "o diretor de comunicação e informação do FC Porto mentiu", esclarecendo que a SAD bracarense "acordou com a SL Benfica, SAD, no dia 4 de agosto de 2014, a transferência de 60 por cento dos direitos económicos do jogador Djavan mediante o pagamento de um milhão de euros, em quatro prestações de 250 mil euros, o que foi cumprido sem qualquer dedução, nomeadamente a título de mecanismo de solidariedade".

O Sp. Braga não poupa críticas a Francisco J. Marques e diz que a "dignidade" da instituição "e o bom nome dos seus profissionais está muito acima de qualquer suspeição que, vinda dos canalhas de serviço, nunca passará de uma canalhice, inevitavelmente condenada a definhar na espuma dos dias". "Registamos com pesar que vivemos no faroeste. Ainda assim, não vale tudo. Porque contra factos não há argumentos. O diretor de comunicação e informação do FC Porto mentiu", pode ler-se no comunicado.

Leia o comunicado na íntegra:

"O Sporting Clube de Braga tem assistido, ao longo dos últimos dias, a um lamentável rol de insinuações, calúnias e demais alarvidades com a perfeita consciência de que é impossível entrar no lodaçal em que se transformou o jogo falado no futebol português e de lá sair livre das suas imundices.

A dignidade desta instituição e o bom nome dos seus profissionais está muito acima de qualquer suspeição que, vinda dos canalhas de serviço, nunca passará de uma canalhice, inevitavelmente condenada a definhar na espuma dos dias.

Registamos com pesar que vivemos no faroeste. Ainda assim, não vale tudo. Porque contra factos não há argumentos. O Diretor de Comunicação e Informação do FC Porto mentiu, sendo a sua mentira amplamente difundida pela Comunicação Social sem a mínima preocupação com o contraditório e com a verdade.

O SC Braga regista que nem um único jornalista tenha procurado contrastar a declaração do responsável do FC Porto, mas para cabal esclarecimento de todos, mas sobretudo dos sócios e adeptos deste clube, fica a nota de que a SC Braga, SAD acordou com a SL Benfica, SAD, no dia 4 de agosto de 2014, a transferência de 60 por cento dos direitos económicos do jogador Djavan mediante o pagamento de um milhão de euros, em quatro prestações de 250 mil euros, o que foi cumprido sem qualquer dedução, nomeadamente a título de mecanismo de solidariedade.

O jogador Djavan, recordamos, representou um importante esforço financeiro desta sociedade, indo de encontro ao pedido expresso do seu treinador de então, Sérgio Conceição, que havia trabalhado com o atleta na Associação Académica de Coimbra e exigiu o empenho da Administração para a aquisição do jogador à SL Benfica, SAD."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas