Wilson Eduardo: «Fomos nós que nos metemos nesta situação, somos nós que temos de sair»

Extremo lamenta 'timing' dos golos do FC Porto e fala do mau momento

• Foto: Peter Spark / Movephoto

Wilson Eduardo lamentou o timing dos golos do FC Porto, na derrota (3-0) do Sp. Braga no terreno dos dragões, na 1.ª mão das meias-finais da Taça de Portugal. Os minhotos vão em três desaires seguidos e o extremo, em declarações à Sport TV, não escondeu o mau momento.

Análise ao jogo

"Entrámos bem, estávamos a controlar a equipa do FC Porto e na primeira oportunidade eles concretizaram e sabíamos que neste campo era complicado estando eles por cima. Fomos para o intervalo com oportunidades, a criar oportunidades, mas não conseguimos concretizar. Na segunda parte tivemos o empate nos pés, mas o Fabiano fez uma grande defasa e, mais uma vez, na primeira oportunidade, o FC Porto chega ao 2-0. Fomos atrás do prejuízo, sabíamos que tínhamos de fazer golo, mas não conseguimos e na parte final, num erro nosso, o FC Porto fez o terceiro golo. Agora as coisas estão cada vez mais difíceis, mas não há volta a dar: fomos nós que nos metemos nesta situação e somos nós que temos de seguir. Agradecer aos adeptos e tentar dar a volta à situação."

Lance do terceiro golo

"Quando estava 2-0 tentámos relançar a eliminatória, sabendo que estamos a defrontar uma grande equipa, mas eles fizeram o terceiro. É um resultado pesado para o que fizemos, mas agora há que tentar voltar às vitorias, que é o mais importante."

Série de derrotas

"Estivemos algum tempo sem perder e do nada passámos de uma ou duas na época toda para três derrotas consecutivas. Fomos nós que nos metemos nesta situação, somos nós que temos de sair e tentar dar a volta à situação

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.