O plano de obras para melhorar a Academia

Saiba quais as intervenções anunciadas

• Foto: Luís Manuel Neves

"Estamos a trabalhar para atingir a excelência e havemos de fazer intervenções também na Academia." Bruno de Carvalho anunciou alterações infraestruturais no centro de formação leonino e Record está em condições de avançar os traços gerais pelos quais se vão reger as alterações reveladas pelo presidente.

Construção de novos relvados, colocação de iluminação artificial no campo que serve a equipa principal, investimento em meios tecnológicos de análise ao desempenho, melhoria nos ginásios, reforço das equipas técnicas e clínicas de cada escalão, entre outros. Eis algumas das intervenções a que Bruno de Carvalho se referiu, segundo Record apurou. O propósito, esse, passa por dotar a Academia Sporting de condições de excelência, recolocando o centro nevrálgico de toda a formação leonina no topo, tal qual estava há treze anos, quando foi inaugurada; ou seja, antes de se deixar ultrapassar pela modernização que não conseguiu acompanhar.

Betão e recursos humanos

Traçado, essencialmente, a pensar no futebol de formação, o plano divide-se em dois tipos de medidas: de ordem tecnocrata, com base em obras de construção de raiz ou de melhoria das infraestruturas existentes; e humana, pelo recrutamento de profissionais e reforço das equipas clínicas e técnicas.

Bandeira presidencial

Academia Sporting, 21 de junho de 2003. António Dias da Cunha, então presidente do Sporting, inaugura aquele que viria a ser, até hoje, o centro de todo o futebol leonino. Uma infraestrutura de excelência, na vanguarda mundial, condizente, portanto, com o estatuto de melhor clube formador em Portugal. Treze anos depois, a excelência perdeu-se nos corredores do tempo ao ponto de o centro de estágios leonino não ser mais do que uma obra ultrapassada. Ora, é precisamente isto que Bruno de Carvalho pretende corrigir. Na comparação com o eterno rival Benfica, o Sporting está agora a léguas no campo das condições logísticas e infraestruturais, tal como Jorge Jesus reconheceu em entrevista recente. Bruno de Carvalho, presidente dos leões desde 2013, identificou esta como uma das primeiras lacunas a colmatar. Três anos depois, encontrou condições (financeiras) propícias para avançar com um projeto feito a pensar em devolver a Academia Sporting ao patamar de excelência que já lhe foi reconhecido.

Mais profissionais e maior coordenação

A formação é, de facto, o grande impulsionador das intervenções recentemente confirmadas por Bruno de Carvalho, ainda que a equipa principal também mereça parte da preocupação inerente. Mais do que obras ou intervenções, é intenção da estrutura reforçar iniciados, juvenis e juniores com um preparador físico e uma equipa médica por escalão. Será reforçada a coordenação entre todas as equipas técnicas (incluindo a de Jorge Jesus), para promover a consolidação de modelos táticos e de treino idênticos entre escalões de formação e equipas profissionais.



Principais mudanças

» Inaugurada em junho de 2002, a academia sporting conta hoje com sete campos: cinco de relva natural e 2 de tapete sintético

» Os jogadores dividem-se entre as alas profissional e formação, sendo estas exclusivas aos seus integrantes

» Cada uma tem os devidos quartos, balneários, ginásios, sendo a ala da formação a mais carenciada

» Está em marcha a melhoria do ginásio afeto aos escalões jovens, assim como investimento em meios tecnológicos de avaliação de desempenho

» A equipa principal beneficiará com o reforço da iluminação no campo que lhe está adstrito, uma lacuna identificada por jorge jesus
estão previstas obras de intervenção na ala profissional, para a criação de novos espaços

» Entre outros, servirão, por exemplo, os departamentos de comunicação e scouting do clube

Por António Adão Farias
30
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.