Adrien: «Frustrado? Com o Sporting não, com o presidente sim»

Ex-capitão leonino deixa críticas à forma como a FIFA geriu o seu caso e não esquece papel de Bruno de Carvalho no processo

• Foto: Ricardo Estudante

Numa longa entrevista concedida ao jornal inglês "The Guardian", o antigo capitão do Sporting e agora jogador do Leicester, Adrien Silva, fez um balanço dos primeiros tempos em Inglaterra, recordou o atraso na sua transferência que fez com que ficasse impedido de jogar até janeiro e mostrou-se frustrado com a atitude de Bruno de Carvalho logo após o fecho do mercado.

Confrontado com as dúvidas que rodearam a sua transferência, Adrien admitiu que, nos dias após o fecho do mercado, nem ele sabia se era jogador do Leicester ou do Sporting. Nesse sentido, a declaração de Bruno de Carvalho, afirmando perentoriamente que o jogador já não era leão ("A transferência de Adrien está completa. Espero claramente que o Leicester o consiga inscrever", disse na altura BdC), não terá caído bem a Adrien.

"Frustrado? Com o Sporting não. Com o presidente sim, o que são coisas diferentes", começou por dizer o internacional português, de 29 anos, completando: "Acredito que ele tentou proteger o seu clube. Mas no futebol, quando se representa um clube, é mais importante proteger a pessoa ou o jogador".

"Sporting com lugar especial no coração"

No entanto, a frustação desaparece por completo quando se fala dos tempos que Adrien viveu em Alvalade: "Na despedida, todos os anos que lá passei vieram-me à memória e, por isso, foi muito sentimental. O Sporting fez-me jogador, mas também homem e, por isso, terá sempre um lugar especial no meu coração".

O jornalista do 'The Guardian' revelou que as negociações entre Leicester e Sporting foram muito duras, mas que os ingleses continuavam a afirmar que tinham entregue os documentos a tempo e horas. Questionado sobre a quem atribuía a maior cota de responsabilidade em todo o processo, Adrien foi parco em palavras: "Para mim, sobretudo, a FIFA."

E é exactamente na instituição que rege o futebol mundial que as maiores críticas do médio recaem. "Tive algumas lesões na minha carreira, mas aí sabe-se porque não se joga, faz parte do futebol e aceita-se. A situação não foi correta. Estava apto fisicamente para jogar e não fiz nada de errado para que aquela situação sucedesse. Nunca vou entender a decisão da FIFA, mesmo depois de o Leicester ter tentado inverter a situação", sublinhou Adrien Silva, completando: "Não há qualquer proteção dos jogadores nestes casos. Se os jogadores são a parte mais importante, então por que é que a FIFA não pensa nisso e abre exceções? Tudo bem quando se passa o prazo por horas, mas estamos a falar de segundos neste caso, por isso, acho que foi uma má decisão".

Por Alexandre Carvalho
62
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.