Apontado como um dos elementos que fez parte do ataque executado por 60 vândalos à Academia de Alcochete na última terça-feira de tarde, ‘Aleluia’, como é conhecido no universo das claques leoninas, nega ao nosso jornal qualquer tipo de envolvimento neste ato.

"Estão a denegrir a minha imagem. Não tenho nada a ver com este problema. Dizem que estou detido, mas isso não é verdade. Dizem que estive em Alcochete, mas isso também não é verdade. Tenho família, tenho filhos. Sou sportinguista e tenho orgulho no que sou. Atos de vandalismo? Não tenho nada a ver com isso! Tenho uma reputação a manter, tenho uma família", começou por dizer, completando: "Até já estou a ter problemas em casa, porque os meus filhos não querem falar comigo. Qualquer homem que é chefe de família, que não tem nada a temer, ficaria indignado. E as pessoas que me tinham como um exemplo no Sporting, neste momento estão a ver-me como um marginal, quando a verdade é que, repito, não tenho nada a ver com o que se passou em Alcochete."