Ataque a Alcochete: Juiz não aceita Bruno de Carvalho como assistente

Revela o Correio da Manhã

• Foto: Vítor Chi

O juiz de instrução do Barreiro rejeitou o pedido da constituição de assistente por parte de Bruno de Carvalho no processo de invasão a Alcochete, de acordo com o Correio da Manhã. A publicação vai mais longe e infere que a rejeição implica que Bruno será suspeito de envolvimento.

Recorde-se que a 15 de maio, a equipa leonina foi atacada na Academia de Alcochete, por um grupo de cerca de 40 adeptos encapuzados, que agrediram também treinadores e staff. Os 37 arguidos que estão em prisão preventiva são suspeitos de vários crimes, entre os quais terrorismo, ofensa à integridade física qualificada, ameaça agravada, sequestro e dano com violência.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Alemães fazem ultimato por Bas Dost

Nova ronda negocial entre Frederico Varandas e empresário do jogador terminou sem acordo. Eintracht dá sinais de que está a perder a paciência

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.