Record

Atlético Madrid disposto a acordo por Gelson Martins

Colchoneros querem evitar litígio e admitem repetir proposta recusada por Cintra

• Foto: Getty Images

Novo presidente, nova tentativa. O Atlético Madrid está disposto a chegar a acordo com o Sporting por Gelson Martins e, sabe Record, admite apresentar a Frederico Varandas a proposta recusada por Sousa Cintra. O processo deve ter desenvolvimentos em breve.

As negociações pelo extremo, de 23 anos, fracassaram no final de julho, depois de Sousa Cintra manter a exigência em valores a rondar os 50 milhões de euros. Como o nosso jornal noticiou então, o antigo presidente da SAD só aceitava baixar, no limite, até aos 45 milhões, montante que ficava muito aquém da última oferta do Atlético Madrid. Os colchoneros começaram por propor 15 milhões de euros mas, num segundo momento, subiram a parada para os 22 milhões, por uma percentagem do passe que poderia ser negociada entre os 60 e os 70%. Mais de metade dos 22 milhões referidos seriam pagos a pronto, razão pela qual a recusa de Cintra causou divisões internas na SAD, uma vez que existia uma corrente que defendia que essa proposta já seria aceitável e o Sporting estava a necessitar da entrada de dinheiro ‘fresco’ nos cofres. Foi por esse motivo que Cintra ainda tentou reatar as negociações, sem sucesso porém, já que a corda partiu mesmo, e em poucas horas.

Além do valor fixo, o Atlético Madrid poderia pagar mais 10 milhões em variáveis: 5 M€ resultariam de objetivos acessíveis e os restantes 5 M€ ficariam dependentes de vitórias na liga espanhola e/ou na Champions. O acordo permitiria ainda ao Sporting ser recompensado (no valor correspondente à percentagem do passe de que fosse proprietário) se o Atleti recebesse uma proposta igual ou superior a 60 milhões de euros. A cláusula já seria válida em janeiro e vigoraria a partir daí em todas as janelas de mercado durante os cinco anos de contrato de Gelson.

São estes os valores com que Frederico Varandas deverá, agora, ser confrontado, na certeza de que existe recetividade do Atlético Madrid para negociar. A prioridade é evitar um litígio que se pode eternizar na FIFA e no Tribunal Arbitral do Desporto.

Processos em curso na FIFA e no TAD

Sporting e Gelson Martins já têm ações em curso na FIFA e no Tribunal Arbitral do Desporto. O jogador recorreu ao TAD e pede à SAD uma indemnização de 3,45 milhões de euros. Os leões, como Record noticiou, pediram o alargamento do prazo para contestarem este processo. Na FIFA, entretanto, foi o próprio Sporting a requerer a condenação solidária de Gelson e do Atlético Madrid, exigindo 105 milhões de euros.

Patrício também é prioritário

A SAD do Sporting tem vários dossiês para resolver em relação à matéria das rescisões, já que Rui Patrício, Rafael Leão, Daniel Podence e Rúben Ribeiro, além de Gelson Martins, saíram dos leões sem qualquer acordo. É de esperar que em breve as negociações sejam retomadas, pois é intenção da administração chegar a um entendimento que permita ao Sporting ser recompensado. O caso de Rui Patrício, tal como o de Gelson, é prioritário dado o montante envolvido. O Wolverhampton, recorde-se, acertou a transferência por 18 milhões de euros, mas à última hora a direção de Bruno de Carvalho cancelou o negócio. No entanto, Patrício assinou mesmo pelos ingleses. A SAD vai também tentar chegar a acordo com Lille e Olympiacos, por Leão e Podence. O processo de Rúben Ribeiro aguarda clarificação.

Por João Soares Ribeiro e Vítor Almeida Gonçalves
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas