Augusto Inácio mudou versão sobre Mihajlovic após ser encostado

Em causa o despedimento do treinador

• Foto: Miguel Barreira

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) condenou a SAD do Sporting a pagar 3 milhões de euros a Sinisa Mihajlovic, apurou Record. A SAD foi notificada sexta-feira. O despedimento ocorreu em junho de 2018, antes do início do próprio contrato. O departamento jurídico desaconselhou.

Apesar de só ter rescindido contrato com Frederico Varandas na presidência do Sporting, no dia 25 de setembro de 2018, Augusto Inácio já não era diretor desportivo desde o início de julho.

Record sabe que o antigo dirigente dos leões corroborou, no auto de acusação, a versão apresentada pela SAD referente ao despedimento de Mihajlovic, mas depois de ser afastado do cargo, perante o advogado de Mihajlovic mudou a versão e argumentou que por não entender inglês não percebeu o que estava em causa.

Por Bernardo Ribeiro e Luís Mota
24
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.