Bas Dost marcou metade dos golos do Sporting

Holandês assinou três hat tricks e um póquer

• Foto: Miguel Barreira

Sem títulos coletivos para celebrar, os sportinguistas têm de se sentir orgulhosos pelos títulos individuais de um jogador que, no início, alguns olharam com desconfiança, mas que acabou por ser o ‘abono de família’ da equipa de Jesus. Referimo-nos a Bas Dost, o holandês que, no ranking dos melhores marcadores europeus, só foi batido pelo ‘intratável’ Lionel Messi.

O holandês chegou aos 34 golos na Liga, o argentino atingiu os 37, mas Dost superiorizou-se a grandes matadores europeus, como Aubameyang, Lewandowski ou Luis Suárez. Em Portugal, o dianteiro contratado ao Wolfsburgo por 10 milhões de euros não encontrou opositores à altura, sendo o portista Soares aquele que mais se aproximou dos números do avançado leonino. Dost quase duplicou o registo de Mitroglou, marcando mais do dobro de André Silva ou Jonas.

Cingindo a análise apenas ao clube, refira-se que só Yazalde, Peyroteo e Jardel foram mais eficazes nas suas melhores épocas. Peyroteo conseguiu por mais do que uma vez registos acima dos 34 golos, tendo na melhor época chegado aos 43, Jardel aos 42 e Yazalde aos 46.

Uma última nota para o facto de o autor de três hat tricks (Chaves, Sp. Braga e Boavista) e um póquer (Tondela) ter assinado precisamente 50 por cento dos 68 golos dos leões na Liga.

Assistências

Outro motivo de orgulho prende-se com o facto de Gelson Martins se ter tornado ontem o rei das assistências da Liga NOS, com 10 passes para golo.

Por João Lopes
1
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.