Battaglia e o aviso de BdC: «Disse que os adeptos passaram a noite a pedir-lhe a morada do Acuña»

Médio do Sporting foi ouvido esta terça-feira no âmbito do julgamento ao ataque à Academia de Alcochete

• Foto: Sporting CP

Rodrigo Battaglia, médio do Sporting, foi ouvido esta terça-feira no âmbito da 14.ª sessão de julgamento do ataque à Academia de Alcochete.

Durante a sessão, o internacional argentino lembrou o principal motivo da reunião a 7 de abril, na pós-derrota com o At. Madrid (0-2), referindo que foi uma reunião "muito nervosa", principalmente por parte de Bruno de Carvalho, na altura presidente dos leões, que referiu que os adeptos passaram "a noite toda" a ligar-lhe para saberem a morada de Marcos Acuña.

"Os motivos pelos quais perdemos esse jogo, depois passámos para as ações do Acuña no final, o presidente [Bruno de Carvalho] disse que os adeptos passaram a noite a ligar-lhe e a pedir a morada do Acuña. Foi uma reunião muito nervosa da parte dele, de Bruno de Carvalho, teve discussões com o Patrício e com o William. Rui Patrício era capitão e o William também e defenderam-nos. Acusou o William e o Rui de não defenderem o Sporting", afirmou Rodrigo Battaglia.

O médio dos leões que estará de volta ao Tribunal de Monsanto na próxima quinta-feira, juntamente com Sebástian Coates.

Por Sérgio Magalhães
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.