Bruno de Carvalho: «A culpa é minha»

Presidente reage ao empate em Guimarães

• Foto: Luís Vieira

Bruno de Carvalho reconheceu este domingo que o que aconteceu sábado em Guimarães (3-3) foi "um assombro que nenhum sportinguista esperava ou merecia" e considerou que é em "momentos de dificuldades que se deve dar cara".

"Existe quem queira saber de quem é a culpa, se da defesa, da equipa, do treinador, do árbitro. Não vale a pena perdermos mais tempo com isso. A culpa é minha e digo-o com toda a convicção", referiu na abertura da Assembleia Geral.

O presidente leonino disse que é o momento de ter "a coragem e a cabeça fria para refletir e tirar as devidas ilações" e garantiu que assim o fará.

"Apesar da reflexão necessária de uma coisa não tenho qualquer dúvida, na confiança total no trabalho sério e de grande qualidade daqueles que me acompanham neste projeto de fazer do Sporting campeão. Tenho uma fé inabalável que o faremos já esta época, com a ajuda da onda verde, que está cada vez mais pujante", continuou.

Bruno de Carvalho afirmou compreender o "desalento e tristeza" que invadiu os sportinguistas depois do empate com a formação vimarenense e acrescentou: "Seria hipócrita se não vos pedisse para nos continuarem a apoiar, a ser o 12.º jogador."

"Aceitarei todas as críticas e ataques que me quiserem fazer. Os meus pés continuam bem assentes na terra. Exigirei que se faça mais e melhor até ao último dia em que estiver aqui, para reconquistarmos a alma de campeão. Não há mais espaço para falhas mas vivemos uma maratona", frisou.

"Eu assumo as minhas culpas e não permitirei qualquer atitute contra a minha equipa que tem de se concentrar em ultrapassar os sues erros e a exponenciar as suas virtudes", sublinhou.

Por Sandra Lucas Simões
96
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.