Bruno de Carvalho absolvido de suspensão... que já cumpriu

Líder havia sido castigado pela FPF por três meses mas o TAD revogou a decisão

• Foto: Paulo Calado

Bruno de Carvalho foi absolvido pelo Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) de um castigo de três meses, que lhe havia sido instaurado pelo Conselho de Discipina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), a 1 de setembro do ano passado.

O presidente do Sporting foi alvo de pena por parte da FPF devido a declarações que publicou no seu Facebook, relacionadas com o facto de a FPF contabilizar 18 títulos para os leões e não os 22 reclamados pelo seu líder. Na altura, apontou à "incompetência e cobardia" dos dirigentes da FPF, "que tudo defendem menos a verdade desportiva e o futebol".

No entanto, o TAD revogou esta decisão, isto apesar de Bruno de Carvalho já ter cumprido a referida suspensão, tendo esta cessado a 30 de novembro.

Segundo Record apurou, na base desta deliberação está o facto de o TAD considerar que o presidente leonino somente exerceu a liberdade de expressão e crítica, motivo pelo qual, a seu ver, não devia ter sido alvo de procedimento disciplinar.

63
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Ascensão de Gonçalo Inácio na sombra

Foi o único miúdo que falhou a estreia pela equipa principal em 2019/20; menos de um ano depois já conquistou lugar no onze. Trabalho do central no verão surpreendeu o próprio Rúben Amorim

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.