Bruno de Carvalho ameaçou não reentrar para a segunda parte

Presidente agastado com atuação do árbitro

• Foto: Fernando Ferreira

O encontro entre Sporting e PSV Eindhoven é de preparação, mas Bruno de Carvalho leva-o muito a sério. De tal forma que, pouco depois da expulsão de Alberto Aquilani, o presidente leonino saltou que nem uma mola do banco e, visivelmente agastado, deixou vários comentários ao árbitro da partida, o suíço Sascha Amhof.

Entre eles ficou uma ameaça de o plantel leonino não voltar para a segunda parte... "Vão ficar a jogar sozinhos na segunda parte. Não vamos voltar", disse o presidente, que pouco depois voltou a responder ao juiz. "Não me mandas sentar" e "não sou teu filho" foram as frases proferidas.

Uma ameaça que acabaria por não se concretizar, já que os leões acabaram mesmo por surgir em campo para disputar a segunda metade da partida.

(notícia atualizada às 20.38)

Por António Adão Farias. Lausanne. Suíça
139
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.