Bruno de Carvalho diz que Benfica está "falido"

Presidente aponta o dedo a quem "esconde" a verdade do que se está a passar na Luz

• Foto: Luís Manuel Neves

Bruno de Carvalho voltou esta terça-feira a comentar a situação do Benfica, referindo que o clube da Luz está "falido", uma "verdade" que se tenta "esconder".

Num longo post publicado na sua página de Facebook, o presidente do Sporting, que cita duas notícias publicadas no fim-de-semana sobre a compra e venda de alguns jogadores dos encarnados, sublinha a necessidade de explicar de novo o significado de "duvidoso", após a polémica originada com o que escreveu naquela rede social no domingo.

"Decidi esperar para poder ser refletido o conteúdo do meu post de Domingo. É agora altura de explicar mais um pouco sobre a palavra 'duvidoso' acrescentando uma vertente de 'cegueira' colectiva. Domingo expliquei o significado de 'duvidoso', comprovando-se na íntegra como foi fulcral as 120h de descanso e que com apenas um cartão amarelo visto continuam de forma 'duvidosa' a deter os recordes de menos cartões amarelos (61), vermelhos (0) e pénaltis contra (0/1 de 'mentira') em 30 jogos, que tanto jeito dão num campeonato disputado ao ponto)", pode ler-se.

E acrescentou, com os dois exemplos "de como, de forma 'duvidosa' se tenta esconder que um clube está 'falido' passando um atestado de 'cegueira' aos seus adeptos e restante mundo desportivo".

Bruno de Carvalho escreveu ainda uma nota dirigida ao diretor de comunicação do Benfica, João Gabriel. "É tão fácil dizermos umas graças no Twitter para tentar continuar a enganar quem já está embalado pela propaganda concertada. Tudo serve para tentar ganhar a qualquer custo e (e aqui reside a verdadeira questão) 'esconder' a verdade do que se
está a passar no clube". 


Por Sofia Lobato
224
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.