Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Bruno de Carvalho e Alexandre Godinho avançam com processo contra o Sporting

Ação resulta de providência cautelar

• Foto: Pedro Ferreira

Bruno de Carvalho e Alexandre Godinho avançaram com um processo contra o Sporting, no Juízo Central Cível de Lisboa. A ação deu entrada a 5 de setembro, três dias antes das eleições, e foi distribuída a 6. A informação está disponível para consulta no portal Citius. O antigo presidente e o ex-vogal do Conselho Diretivo são identificados como autores e o Sporting CP como réu. Segundo Record apurou, não se trata de um processo novo, mas sim da ação principal da providência cautelar que pede a anulabilidade da deliberação da AG de destituição. A decisão sobre a referida providência ainda não é conhecida, visto que o Sporting contestou, mas para efeitos de cumprimento de prazos legais Bruno de Carvalho e Alexandre Godinho foram forçados a colocar esta ação, que pede o mesmo, isto é, mantém a pretensão de anular o que foi decidido pelos sócios a 23 de junho.

O valor da ação indicado no Citius é de 50.000,1 euros. Não se trata de um pedido de indemnização, mas de um recurso que permite que o processo corra na instância central (até 50 mil euros seria na local), na qual por norma há juízes mais experientes, a quem é reconhecida maior coragem. BdC e Godinho estão suspensos da condição de sócios do Sporting e podem ser expulsos por oito anos, se o novo Conselho Fiscal e Disciplinar seguir a recomendação da Comissão de Fiscalização.

Por Vítor Almeida Gonçalves
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M