Bruno de Carvalho e o novo plantel: «Relação de proximidade será praticamente nula»

Presidente conta delegar em Augusto Inácio os contactos com a equipa

• Foto: Reuters

Bruno de Carvalho garantiu na entrevista que deu este sábado à SIC que não pretende manter uma relação com os jogadores e treinadores da equipa principal de futebol como até aqui. O presidente leonino garantiu, por outro lado, que hoje não publicaria no Facebook o post que escreveu depois do jogo em Madrid.

"O post dizia que eu acreditava que íamos dar a volta na segunda mão. Em segundo lugar, 90 por cento do post era uma crítica benigna à atuação do árbitro e de alguns jogadores do Atlético Madrid. Não o devia ter feito e quem sofreu as consequências fui eu. Na véspera de ir ter uma filha que todos souberam que lutou pela vida, fui assobiado em pleno estádio e jogadores aclamados numa volta olímpica. Aconteceu seis vezes no pós-Madrid. Aquele post não tinha nada que valesse esta proporção. Assumo que não devia ter feito porque vivemos num país retrógrado. Ricciardi, em 2012 - quando era o presidente-sombra -, quando estávamos na pior crise financeira do Sporting, disse que a equipa era ridícula", referiu.

Depois deixou uma garantia: "A minha relação de proximidade com os jogadores será praticamente nula, será feita pelo Augusto Inácio. Ao nível das modalidades irá manter-se. Pela primeira vez na história, 'corremos o risco' de ser campeões em todas as modalidades, menos no futebol masculino."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0