Bruno de Carvalho: «É uma vergonha o que se está a passar no clube»

Antigo presidente aponta dedo à direção e à falta de ação da massa associativa

• Foto: Tiago Sousa Dias

A um dia da Assembleia Geral que poderá ditar a sua expulsão de sócio do Sporting, Bruno de Carvalho voltou a reafirmar a sua convicção de que esta reunião magna é ilegal e deixou um apelo aos sócios do clube para que votem em nome do Sporting.

Numa longa declaração na qual lembrou a sua longa ligação ao clube, Bruno de Carvalho falou em "cinco anos e meio de presidência com esforço e dedicação totais, um percurso de excelência que culminou na maior vergonha" da sua vida. "Não sou perfeito nem nunca fui, mas sempre desejar o melhor para o Sporting. Nasci, vivi e sempre respirei Sporting. Fui presidente adepto, por isso lutei pelo nosso ADN durante 24 horas. Lutámos e conseguimos tornar o Sporting numa referência", começou por recordar.

"Lutei de corpo e alma, mas ainda hoje sou atacado. Ainda assim, hoje ainda estou de pé. Sonhei que o Sporting fosse nosso, de todos e para todos. Sabia o risco que corria, tanto que alertei sempre os sportinguistas, que como presidente tinha sido obrigado a fazer escolha: entre os interesses ou ficar ao lado dos sportinguistas. A minha decisão foi para a segunda opção, o que teve consequências terríveis para a minha vida pessoal. Sabia que quando me virassem as costas me iriam matar. Pensei que vos tinha comigo e que tinham sonhado tão alto quanto eu, para juntos tornarmos o Sporting num clube tão grande como os maiores. Sempre sonhei, quis e lutei por isso. Mas o sistema conseguiu apanhar-me. Avisei-vos, pedi-vos o apoio, porque eram vocês a minha rede de segurança. Onde estiveram neste ano, onde fui atacado diariamente pela comunicação social e pelos altos poderes deste país, um dos mais corruptos da Europa. Fui atacado por todos e julgado por todos", admitiu.

Considerando que ir para o Sporting não foi bom para a sua vida, pois antes "tinha tempo para tudo e todos e paz", algo que perdeu, Bruno de Carvalho admitiu lamentar "ter desejado para o Sporting o melhor possível, por ter acreditado" que o clube "poderia ser tão grande como os maiores". "Hoje, olhando de fora, sinto-me desiludido, frustrado e indignado. O clube voltou a perder a sua identidade. Desinveste nas modalidades, não investe nos seus atletas... Tem dirigentes que mentem compulsivamente, enganam e manipulam sócios. Consideram-se acima da lei e dos estatutos. E dizem-no com toda a arrogância! Um clube que não respeita os seus sócios e adeptos. Expulsaram-me por não ter cumprido os estatutos uma vez. Eles fazem o que querem e todos permitem. Tudo bem..."

"Divulgaram relatório que prejudicou o clube e a SAD. Ninguém fez nada. Foram coniventes ao ataque a alguém. Tudo bem. As pessoas ao fim de um ano de mandato são incapazes de perceber o que se passa no clube. Ninguém diz nem faz nada. Sinto vergonha por esta massa associativa me ter destituído para ter esta direção. Sinto vergonha do atual presidente e órgãos sociais. Sinto vergonha da inércia desta massa associativa, que diz estar desagradada mas que nada faz. Permitem o que se está a passar, depois de tudo o que fiz, de uma direção transparante, com lucros, vitórias... E estar a um dia de ver ser expulso de sócio, daquele que foi o grande amor da minha vida. É uma vergonha o que se está a passar no clube. Já passou um ano e é uma vergonha ver a inércia de todos vós", admitiu.

"Devem votar, não por mim, mas pelo Sporting. Querem expulsar-me, expulsem! Mas se querem um clube grande, tão grande como os maiores da Europa, não é assim que chegámos lá. Não é com inércia e sem fazer nada. Não é assim. Querem expulsar-me, expulsem! Espero que um dia acordem para o que se está a passar, que percebam o declínio do último ano e que possam reagir. Saudações leoninas e deixo votos sinceros para que o Sporting se una e saia desta inércia e que deixe de ser um clube sem espírito, força, rumo e identidade", disse o antigo líder leonino.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0