Bruno de Carvalho: «Espero que Rogério Alves seja suspenso e enfrente um processo de expulsão»

Antigo presidente do Sporting volta a apontar irregularidades na AG e reafirma que não marcará presença

• Foto: Pedro Ferreira

Bruno de Carvalho voltou a apontar irregularidades na Assembleia Geral de sábado e garantiu que não volta atrás na decisão de não marcar presença.

"Resta-me esperar que sendo uma AG que não cumpre as regras de um Estado de direito decorra dentro da normalidade, que as pessoas consigam em consciência tomar a atitude que acham ser a melhor para o Sporting. Desde que seja o resultado que os sportinguistas desejam, temos de aceitar", disse o antigo líder dos leões, em entrevista à Rádio Estádio.

"Seria normal que não expulsassem quem se dedicou durante cinco anos e meio de alma e coração ao Sporting", prosseguiu, recordando os títulos nas modalidades, os "estádios com melhores assistências, o futebol com os melhores plantéis, uma transparência como nunca foi vista em nenhum clube, o melhor contrato de sempre de Portugal de direitos televisivos".

Bruno de Carvalho garantiu que não irá aparecer mesmo na AG. "Não vou posso legitimar o que considero ilegal".

"Não vou de facto aparecer. Gostava que Rogério Alves tivesse mostrado dignidade, de ir à televisão e assumir o seu erro", frisou.

O antigo presidente do Sporting criticou especialmente Rogério Alves por irregularidades estatutárias e disse esperar um desfecho semelhante ao que está a passar. "Espero que Rogério Alves seja suspenso e enfrente um processo de expulsão como eu", referiu.

Bruno de Carvalho pediu também expulsão para Torres Pereira e Sousa Cintra por "usurpação de funções".

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.