Bruno de Carvalho na Costa Rica: «Desde que cheguei já ganhei 2 pontos aos rivais...»

Presidente do Sporting diz ter de "ficar mais duas semanas para chegar a outra classificação"

• Foto: Pedro Simões

Bruno de Carvalho está na Costa Rica onde inaugurou, na segunda-feira, mais uma academia do Sporting em Alajuela, a cerca de 20 quilómetros da capital, San José. Em entrevista à Rádio Actual, e mesmo do outro lado do oceano, o presidente dos leões não deixou de abordar a realidade da liga portuguesa... com humor.

"Desde que aqui cheguei que já ganhei dois pontos face aos rivais, por isso tenho de ficar mais duas semanas para chegar a outra classificação", afirmou, aludindo aos empates de Benfica e FC Porto da última jornada, frente ao Paços de Ferreira (0-0) e V. Setúbal (1-1), respetivamente.

Questionado sobre a filosofia do clube de Alvalade, o líder dos verde e brancos não hesitou na resposta. "Não quero um Sporting diferente, quero o Sporting que aprendi a amar e a respeitar. Somos um clube com uma história monumental apesar das coisas não estarem a correr da forma que queremos ao nível do futebol. Na Costa Rica, procuramos jogadores que possam dar consistência a um plantel que tem de vencer muitas vezes. Esse é o objetivo. Temos de falar do Sporting, nos últimos 15 anos não vencemos. Isso não é o Sporting, temos tradição muito grande a nível nacional e internacional. Em 110 anos não vi um presidente preocupado com a nossa identidade. Queremos voltar a ser o topo em Portugal, somos o clube mais eclético do mundo, como já fomos, depois avançar para as conquistas europeias. Queremos formar jogadores. Queremos descobrir talentos, não somos um clube rico, não há em Portugal a mesma força de Espanha, Inglaterra ou Alemanha", sublinhou.

E prosseguiu, justificando as razões que levaram a uma aposta em jogadores da Costa Rica. "Estudávamos a Costa Rica há vários anos porque é um país que tem jogadores com muito talento. Nestes casos, é crucial encontrar pessoas que têm uma filosofia parecida com a nossa, pois estamos a falar não só na formação de jogadores, como também na formação de homens. Nesse sentido, Bryan Ruiz e Joel Campbell contribuíram para conhecermos o lado humano e a verdade é que são excelentes homens e profissionais".

Por Sofia Lobato
59
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.