Bruno de Carvalho: «Não quero um Sporting sem tolerância e que não deixa os sócios falar»

Presidente pretende que as eleições de 2017 decorreram com elevação

• Foto: Amândia Queirós

O presidente do Sporting manifestou este sábado o desejo de que as eleições agendadas para março de 2017 não atrapalhem aquilo que é a prioridade no clube: a conquista de títulos nas várias modalidades, com o do futebol à cabeça. Bruno de Carvalho recordou ainda os dois últimos atos eleitorais para sublinhar que é preciso existir tolerância e ter elevação em todo o processo.

"Ainda há muito tempo pela frente este ano para se estar a pensar em eleições. Devemos estar é preocupados em que este seja um ano memorável para o Sporting. A nossa esperança é juntar vários títulos em várias modalidades", começou por dizer Bruno de Carvalho, no discurso que fez num almoço com sócios e adeptos leoninos, em Braga, no Núcleo Sportinguista local.

"Gostava que as eleições não atrapalhassem a vida do Sporting. Todos têm o direito a candidatar-se, o Sporting tem de saber ouvir e tomar decisões na hora certa. Temos de ser tolerantes, não quero voltar a ver no Sporting o que vi nas primeiras e depois nas segundas eleições [a que concorri], um Sporting sem tolerância e que não deixa os sócios falar. Espero que estas eleições tenham elevação", acrescentou, encerrando:

"Não há necessidade de estarmos unidos em torno de ninguém, temos é de estar unidos em torno do nosso amor que se chama Sporting. Esta será a última vez que falarei deste tema até março."

Por Vítor Almeida Gonçalves
10
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.