Bruno de Carvalho: «Predisponho-me a ir para a frente da SAD do Sporting imediatamente»

Antigo presidente, destituído do cargo e acusado no ataque a Alcochete, diz que não aguenta mais "ver esta destruição" do clube

• Foto: Duarte Roriz

Bruno de Carvalho mostrou disponível para, sem qualquer pagamento ou contra-partida imediata, liderar já a SAD do Sporting com intenção de travar o que diz ser a "destruição" do clube. Isto sem exigir a saída de Frederico Varandas, o atual líder, com quem trabalharia.

"Predisponho-me a ir para a frente da SAD do Sporting imediatamente com Frederico Varandas como presidente do clube. Não quero carros, não quero dinheiro, não quero salário, não quero cartões, não quero nada do Sporting a não ser no dia em que o Sporting for campeão nacional de seniores masculinos... aí quero receber e com retroativos", começou por dizer o antigo presidente dos leões, destituído em assembleia geral, no seu comentário semanal na rádio 'Estádio'.

Bruno de Carvalho, que é arguido no julgamento do ataque a Alcochete (acusado como autor moral de vários crimes), acrescentou que gostaria de ter ao seu lado o atual vice-presidente responsável pela área financeira. "Predisponho-me a fazer isso com o braço direito sendo Salgado Zenha, com Varandas a presidente do clube", referiu, desvalorizando o facto de também ter sido expulso de sócio: "não interessa se fui expulso ou não, não imponho condição nenhuma. Não consigo mais ver esta destruição do Sporting, esta guerra civil. Amo de mais este clube, não consigo fingir que estou alheado. (...) Estou na disposição de engolir... não são sapos, são crocodilos!"

70
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Jovane é o novo bombardeiro

Bruno Fernandes saiu e herança de mais rematador ficou para o extremo. Após ter sido de novo decisivo, vê o onze na Liga Europa

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.