Bruno de Carvalho: «Renato Sanches podia ter partido a perna a Bryan Ruiz»

Presidente do Sporting diz ainda que Mitroglou "tentou dobrar Adrien ao meio"

• Foto: Vitor Chi

Bruno de Carvalho analisou algumas incidências do recente dérbi, nomeadamente os lances envolvendo Renato Sanches e Bryan Ruiz e Mitroglou e Adrien, considerando que o Sporting foi claramente prejudicado pelas decisões do árbitro Artur Soares Dias.

"Renato Sanches agrediu Bryan Ruiz, podendo ter resultado numa perna partida. A equipa de arbitragem viu perfeitamente o lance e deu-lhe apenas cartão amarelo. Então ainda no túnel foi dito 'entradas com a sola da bota é vermelho'. Mas então o que é a sola da bota?", questionou o presidente leonino na sua página no Facebook, continuando a sua análise:

"Mitroglou empurrou com o ombro e restante corpo o Adrien, atingindo-o na cara. Isso foi na grande área. Então ombro na cara não é falta? No mínimo impedir propositadamente um atleta de prosseguir a sua marcha por obstrução ou carga não é falta? (...) Eu bem avisei num post anterior que quem ousa tocar nos cotovelos de jogadores do benfica arrisca-se a ser expulso, agora levar com um ombro na cara, a agressão é da cara... Outra explicação hilariante que li é que Mitroglou já lá estava para a dobra... Sim, com a pancada que deu na cara do Adrien tentou realmente dobrá-lo ao meio!", apontou Bruno de Carvalho, frisando que "o Benfica ainda não viu um atleta expulso esta época."


Andam alguns sportinguistas a dizer que se fala muito nos rivais (indo mais ao detalhe que eu e o treinador falamos...

Publicado por Bruno de Carvalho em Segunda-feira, 7 de Março de 2016

Por João Socorro Viegas
121
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.