Bruno de Carvalho responde à associação Capazes com mais um anúncio

Dirigente fala em acusações "absolutamente desajustadas" depois de post sobre Rui Santos

• Foto: Pedro Ferreira

A Capazes condenou as palavras do presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, depois das críticas que o dirigente fez, no Facebook, ao comentador Rui Santos, que acusou de ter "feitio de gaja". Em reacção, a associação feminista usou a mesma rede social para considerar que "a linguagem de Bruno de Carvalho é um tratado de discriminação".

Ora, num longo post publicado esta madrugada na sua página de Facebook, o presidente leonino refuta as acusações daquela associação que considera "absolutamente desajustadas" e sublinha, a título de exemplo, que no Sporting, estão 10 mulheres a ocupar cargos de topo e 8 homens. "Querem maior exemplo de defesa da igualdade de género, de empoderamento das mulheres ou da defesa dos direitos das mesmas? Afinal temos de ser também CAPAZES de conhecer a pessoa de quem falamos, de saber ler corretamente e de não nos metermos onde não somos chamados", pode ler-se naquele texto.

"Um homem comandado por 4 mulheres que vão passar a ser 5 ser machista é algo absolutamente absurdo. Aliás, se formos ver bem até sou muito feminista. Acho os homens feios, rudes, com pêlo a mais e, se virem os meus posts públicos, só apenas me referi a uma mulher, e também pela estupidez demonstrada pela mesma. Sou um defensor das mulheres!(...) Tenho 3 filhas. Vou ter mais uma. E uma mulher. Significa que tenho 4 que vão passar a ser 5 mulheres que mandam diariamente em mim! Para além da minha mãe.... 6!", conclui anunciando assim que Joana Ornelas está grávida de uma menina.

Recorde-se que foi através dos ecrãs do Estádio de Alvalade que Bruno de Carvalho revelou aos adeptos, em setembro, que ia ser pai novamente.


Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas