Bruno de Carvalho revela parecer favorável de providência cautelar: «Hoje renasci»

Ex-presidente do Sporting diz que vai entregar a lista de recandidatura

Bruno de Carvalho revelou esta segunda-feira que lhe foi dada razão num provediência cautelar que tinha interposto e que por isso vai "marcar a entrega" a lista que encabeça de recandidatura à presidência.

"Jaime Marta Soares tem de receber a lista, sob pena de crime de desobediência e pagamento de uma coima", disse Bruno de Carvalho, durante uma conferência de imprensa na qual Erik Kurgy se mostrou disponível para liderar o projeto 'Leais ao Sporting', caso o antigo presidente permaneça impossibilitado.

"É uma vitória do Sporting, não pessoal. Estamos satisfeitos por justiça estar a dar-nos razão, colocando fim a uma série de atropelos", frisou o antigo presidente do Sporting em conferência de imprensa.

"Hoje foi uma vitória tremenda da democracia e uma derrota tremenda para todos os candidatos, menos para nós. Vai ser um dia de muita reunião. Era bom perguntar a todos os candidatos se vão continuar a ser candidatos".

Sem anunciar quando entregará a lista, cujo prazo termina na quarta-feira, Bruno de Carvalho garantiu que a mesma está pronta para ser entregue e deixou um aviso ao presidente da Mesa da Assembleia Geral (MAG), Jaime Marta Soares: "é bom que esteja por perto para a receber".

"A decisão de hoje é uma vitória da democracia. A lei veio trazer-me de volta, hoje renasci", disse antigo presidente do clube, destituído em Assembleia Geral em 23 de junho, referindo-se à providência cautelar que, segundo Bruno de Carvalho, obriga o presidente da MAG a aceitar a lista com os três sócios suspensos.

"Como sportinguista e português hoje renasci um pouco. A justiça tarda mas não falha", finalizou. 

114
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.