Bruno de Carvalho tem "dupla almofada" para o caso Doyen

Dinheiro da provisão feitas nas contas e da penhora dos prémios da UEFA

• Foto: Lusa

A penhora dos prémios das competições por parte da UEFA, no âmbito do caso Doyen foi esta quinta-feita desvalorizada pelo presidente do Sporting, Bruno de Carvalho.

Bruno de Carvalho reafirmou que o tema não é novo e destacou que o clube tem uma dupla almofada finaceira para fazer face ao problema, caso perca o recurso da decisão do Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) no diferendo que opõe o clube ao fundo de investimento por causa do argentino Marcos Rojo.

"Não entendo. Aprendi convosco que o que se passou ontem era 'old news', mas agora o que aconteceu há meses passou a ser notícia. Perdemos o caso TAS e tínhamos duas hipóteses, pagar ou recorrer, que foi o que fizemos", afirmou Bruno de Carvalho, no final do fórum "O Futuro do Futebol", reforçando: 

"Mas há outra situação, o Sporting já tinha aprovisionado esse valor [nas contas], pelo que temos agora uma dupla almofada: a do dinheiro aprovisionado nas contas e o dos prémios da UEFA. É por isso que estamos tranquilos. E o recurso está em curso."

Por António Espanhol
66
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.