Bruno Fernandes chuta Sporting para máximos: ações sobem mais de 12% em dois dias

A possível venda do médio português por quantias elevadas impulsionam a cotada

Além da sua influência dentro do campo, Bruno Fernandes está a catalisar a subida do Sporting também no mercado. As ações do clube de Alvalade subiram 6,25% para os 85 cêntimos na sessão desta quarta-feira o que representa um máximo desde julho de 2018.

Já na sessão de ontem, a cotada tinha valorizado 5,96%, o que lhe confere uma subida de 12,58% em duas sessões. 

Ao contrário de ontem, o Sporting teve uma liquidez muito superior ao normal, com 10.629 ações negociadas, acima da média diária dos últimos seis meses fixada nas 876 ações.

A motivar esta subida está a possível venda do médio leonino que, a acontecer pelos valores referidos pela imprensa desportiva em Portugal e Inglaterra (entre os 50 e 70 milhões de euros) "seria muito positivo para as contas da empresa", segundo disse ao Negócios Gualter Pacheco, "trader" da Go Bulling, do Banco Carregosa. 

No primeiro trimestre do seu ano fiscal (julho a setembro) de 2019, a Sporting SAD registou lucros de 21 milhões de euros, anunciou a sociedade desportiva em comunicado à CMVM.

Por Negócios
3
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.