Record

Carlos Vieira: «Dar continuidade a tudo o de bom foi feito deste 2013»

Quer um Sporting plural e promete manter a maioria do capital da SAD

• Foto: Fernando Ferreira
Carlos Vieira apresentou esta quinta-feira a sua candidatura à presidência do Sporting explicando que pretende "dar continuidade" aos aspetos positivos conseguidos no clube desde 2013. O antigo vice-presidente dos leões acredita que a sua equipa, que revelará mais adiante, é a que apresenta melhores argumentos. 

"Apresento-me pela primeira vez como candidato a presidente do Sporting. Candidato-me porque considero que no momento atual eu e a minha equipa somos quem reúne as melhores condições para dar continuidade a tudo o de bom foi feito deste 2013. A primeira palavra vai para os sócios e adeptos, pois são os melhores sócios e adeptos do Mundo. Também uma palavra de reconhecimento aos que servem o Sporting, dirigentes, treinadores, atletas, staff, pessoal médico, serviços de apoio e todos os que trabalham no clube. Sei bem a dedicação que colocam nas suas funções", começou por dizer aos jornalistas.

O candidato dedicou depois algumas palavras aos adversários: "Quero também cumprimentar todos os consócios que já apresentaram as suas candidaturas.Temos em cada um de vós sócios que querem apresentar as suas ideias e projetos para o clube. Que cada um o faça livremente e de forma esclarecedora. Desejo que a campanha se desenvolva de forma elevada. Só assim contribuiremos positivamente para que os sócios possam estar informados e votar".

Exigindo um Sporting "plural", Carlos Vieira apontou a um "futuro de glória": "Reunimos na candidatura Sporting Primeiro uma equipa com competência, experiência acumulada, conhecimento dos dossiês e resultados visíveis. Connosco, o Sporting Primeiro, com níveis diferentes de contributos, todos os sportinguistas contam de igual forma. Queremos um Sporting plural. Seremos firmes na defesa do Sporting, o que não impede que mantenhamos um diálogo franco e construtivo com as diferentes partes interessadas. Estaremos representados nas diversas instituições que tutelam o desporto em Portugal. Honraremos a história do Sporting. Só assim, respeitando a história, podemos projetar um futuro de glória e passar esses valores às novas gerações".

O candidato prometeu ainda que o clube vai manter a maioria do capital da SAD: "Na área financeira, queremos concluir o processo de negociação com os parceiros financeiros que foi interrompido. Da posição maioritária na SAD do clube não adbicaremos nunca, o que não impede relações saudáveis com investidores".
Por Luís Miroto Simões
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas