Carlos Vieira: «Sou aquele em melhor posição para ganhar»

Defende que elevado número de candidatos é a prova de que a casa dos leões “está arrumada”

• Foto: Bruno Colaço

Muito ativo ao longo dos últimos dias, Carlos Vieira prosseguiu o seu périplo por entre os sportinguistas. Depois de ao início da tarde ter feito uma primeira visita ao Núcleo do Sporting da Golegã, o candidato à presidência visitou, de seguida, a festa do associativismo do Município de Loures, no Pavilhão Paz e Amizade. Foi aí que, a Record, o antigo responsável das finanças dos leões mostrou-se plenamente confiante na vitória no ato eleitoral de 8 de setembro.

"Neste momento creio que sou o candidato que está em melhor posição de ganhar as eleições e sou aquele que tem mais qualidades para liderar o Sporting. É isso que estou a tentar demonstrar às pessoas. É para isso que também cá estou. Há críticas, muitas questões e esclarecimentos que tenho de dar. É preciso ouvir as pessoas e falar com elas", sublinhou Carlos Vieira, sublinhando que o processo de recolha de assinaturas para a sua candidatura "tem sido um grande sucesso" e reservando a apresentação de novidades quanto à sua equipa e projeto para a "próxima semana".

Concorrência é bem-vinda

Apesar de o elevado número de candidatos poder levar a uma maior dispersão de votos, Carlos Vieira olha para este panorama como sendo a prova da "vitalidade" do clube. "É a democracia. Se calhar os estatutos deviam ter um mecanismo de segunda volta, é um assunto a rever, eventualmente. Creio que não deixei o Sporting em tão má situação, senão não havia candidato nenhum. Em 2013 foram dois candidatos, a situação era muito complicada. As pessoas sabem que, hoje, a casa está arrumada e é apelativo candidatarem-se", atirou, reforçando que não se afastou do rumo traçado nos últimos anos. "Eu e quem está comigo estamos no projeto. Se alguém se afastou, não fui eu", rematou o ex-vice.

Processo disciplinar não amedronta

Com o sufrágio eleitoral a menos de dois meses de distância, Carlos Vieira vê a sua situação ainda indefinida, dado que se encontra suspenso de sócio – tal como Bruno de Carvalho, de quem era o ‘braço-direito’ –, em virtude de um processo disciplinar que lhe foi instaurado pela Comissão de Fiscalização. Ainda assim, Carlos Vieira mantém-se confiante de que estará apto a concorrer ao ato eleitoral. "Foram ouvidas algumas testemunhas que foram por nós indicadas. À partida, tudo aponta para que essa decisão seja conhecida esta semana. A minha expectativa é positiva, que esse assunto irá ficar resolvido", frisou, mantendo a intenção de levar a sua candidatura "até ao fim".


Por Cláudia Marques e Ricardo Granada
23
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SC Sagamihara - Machida Zelvia4.153.051.72 Blaublitz Akita - Jubilo Iwata3.352.891.98 Iga FC Kunoichi (F) - Setagaya Sfida (F)1.63.424.32 Angeviolet Hiroshima (F) - NGU Nagoya (F)3.663.11.8 Yokohama Marinos - Vissel Kobe1.723.724.03 Wollongong Wolves - Sutherland Sharks Fc1.663.983.38 Zweigen Kanazawa - Renofa Yamaguchi1.773.233.63 JEF United Chiba - Fagiano Okayama2.252.742.94 Mito - Tochigi2.542.632.66 Kyoto - Montedio Yamagata1.873.263.24
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.