Caso de Alcochete: Fernando Mendes e 25 outros sócios expulsos do Sporting

CFD anunciou decisão final e decidiu arquivar processo de Bruno Jacinto

• Foto: David Cabral Santos

O Conselho Fiscal e Disciplinar (CFD) do Sporting anunciou esta quarta-feira a decisão tomada no passado dia 12 de junho relativamente aos invasores de Alcochete. O órgão de disciplina dos leões avançou com a expulsão de Fernando Mendes, antigo presidente da Juventude Leonina que foi condenado a pena de prisão efetiva, e mais 25 sócios envolvidos na invasão. O caso de Bruno Jacinto foi arquivado.

O processo disciplinar, recorde-se, estava suspenso desde maio de 2019, pois o CFD aguardava pelo final do julgamento, que terminou no passado dia 28 de maio, para poder tomar uma decisão esclarecida. “Depois da análise do conteúdo do correspondente acórdão, foi possível esclarecer as dúvidas que ainda persistiam, mesmo apesar de se ter presente que as decisões judiciais condenatórias não transitaram ainda em julgado. Assim, ficaram criadas as necessárias condições para tomar a decisão de levantar a suspensão do processo disciplinar, por forma a poder concluir o mesmo, o que aconteceu no passado dia 12 de junho”, pode ler-se no comunicado a que Record teve acesso.

Desta forma, 26 sócios punidos com a sanção de expulsão, 1 sócio punido com suspensão por um ano, 1 sócio punido com suspensão por seis meses e dois sócios punidos com suspensão por 3 meses. E foi arquivado o processo de Bruno Jacinto, o antigo Oficial de Ligação ao Adepto que foi absolvido, tal como Bruno de Carvalho, ex-presidente que está expulso, e Nuno Vieira Mendes, o atual líder da Juve Leo.

“Os sócios visados a quem foram aplicadas as referidas penas, agiram de forma livre e deliberada, de comum acordo, em comunhão de esforços, sob a égide de um plano comum e previamente traçado, com o propósito concretizado de invadir a Academia e intimidar, ofender e agredir os jogadores do SCP e respectiva equipa técnica, provocando, com a sua atuação, graves prejuízos para o Sporting, tanto patrimoniais (direta e indiretamente) como morais, uma vez que este incidente desprestigiou o clube em termos nacionais e internacionais”, argumenta o CFD, salientando: “No relatório final está discriminada a responsabilidade individual de cada um daqueles sócios visados, sendo certo que aquele violento incidente só foi possível pela actuação dos mesmos em grupo”.

Os visados já foram notificados da decisão final e agora poderão recorrer para a assembleia geral, de forma a que os outros associados deliberem sobre a decisão do CFD.

Conheça os sócios expulsos:

Fernando (Mendes) Barata, Guilherme Gata de Sousa, Luís Almeida, Tiago Silva, Jorge Almeida, Pedro Lara, João Gomes, Bruno Monteiro, Gustavo Tavares, Nuno Alves, Filipe Ferreira, João Pedro Montez, António Catarino, João Gonçalves, Eduardo Nicodemes, Joaquim Costa, Alano Silva, Nuno Torres, Hugo Ribeiro, Emanuel Calças, Valter Semedo, Ricardo Neves, Tiago Neves, Afonso Ferreira, Filipe Alegria, Paulo Patarra,

Conheça os sócios suspensos:

Tiago Rodrigues (6 meses), Samuel Teixeira (1 ano), Tomás Fernandes (3 meses), Guilherme Oliveira (3 meses)

 

 

19
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0