Coates: «LASK Linz? Talvez tenha sido a melhor derrota»

Capitão do Sporting lembra que a equipa aprendeu muito com esse momento

• Foto: Diretos reservados

Sebastián Coates admitiu que a eliminação precoce na Liga Europa acabou por ajudar a equipa do Sporting, no sentido de que o conjunto leonino retirou daí vários ensinamentos rumo ao título.

"LASK Linz? Para o que foi o ano, talvez tenha sido a melhor derrota. Aprendemos muito com esse jogo e obviamente estar novamente na Liga dos Campeões, onde estão os grandes clubes como é o Sporting... merecemos lá estar. Espero que para o ano seja um bom ano para nós, tanto na Liga dos Campeões como no campeonato", disse o capitão verde e branco no programa 'Isto é gozar com quem trabalha', da SIC, apresentado por Ricardo Araújo Pereira que, como benfiquista, lançou alguns momentos de picardia, a que o uruguaio respondeu: "Primeiro, és sempre bem-vindo a Alvalade. Somos um grupo muito unido. Se o míster fala que temos de ir para ali, temos de ir para ali, não há problema. Foi para todos nós muito importante vencer um campeonato que os sportinguistas tanto mereciam. O curso do Ruben [Amorim] já é outra história. Passámos por muito durante o campeonato."

Coates considera que a festa do título foi "bem organizada" e não espera nenhum surto de covid-19: "Talvez uns tinham de ir mais cedo para a cama porque tinham escola depois (risos), passámos momentos muito bons e felizes. Todo o povo sportinguista passou um dia muito feliz."

Rúben e candidatura ao título?

"Ele admitiu quando faltavam três pontos para sermos campeões. A nossa mentalidade foi essa, ir jogo a jogo e não pensar que éramos mais do que ninguém, que podíamos perder com qualquer equipa. Creio que esse foi um grande factor para que hoje estejamos a festejar."

Esforço, devoção, dedicação e glória?

"Quando cheguei ao clube obviamente que me ensinaram esse lema. Passei pelo museu, vi muita história e acho muito bem esse lema. Hoje estamos a festejar, mas também passámos por outras coisas."

Se irrito mais os avançados adversários ou os do Sporting?

"Oxalá que sejam os adversários! É sinal que faço bem o meu trabalho. Depois quem marca o golo para ganhar os jogos não importa quem seja, se eu, se o Paulinho ou o outro Paulinho."

Asneiras?

"É das primeiras palavras que se aprende quando se chega a Portugal. Normalmente quando se viaja pelo estrangeiro a primeira coisa que se aprende são essas palavras. Talvez aqui fique mau, mas dentro do balneário e do estádio talvez fique melhor."

Por Record
30
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Marcus Edwards à espera de venda

Referenciado deste a época passada, extremo do V. Guimarães avança, caso a SAD transfira outro neste defeso. E esse até pode ser Jovane, muito cobiçado...

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.