Conferência de imprensa e flash-interview da Taça de Portugal sem Rúben Amorim

Regulamento da prova não o permite

• Foto: Filipe Farinha

Ao contrário do que tem acontecido nos jogos da Liga, hoje não será Rúben Amorim (mas sim Emanuel Ferro) a fazer a antevisão do encontro com o Sacavenense.

O facto nem é novo no Sporting, uma vez que na época passada aconteceu o mesmo com Silas, quando os leões defrontaram o Alverca, e tem a ver com a questão das habilitações. O regulamento específico da Taça de Portugal estabelece claramente que a presença nas conferências de imprensa e na flash-interview após o jogo deve ser assegurada pelo “técnico principal”, posição que, no papel, é preenchida por Emanuel Ferro, uma vez que Amorim ainda não tem o 4º nível do curso de treinador, ou UEFA Pro (que deverá obter no final desta temporada). “ Nos casos em que exista flash interview e conferências de imprensa, o treinador principal encontra-se obrigado a participar na sua realização ou, caso tenha sido expulso do jogo, tal obrigação recai sobre o treinador adjunto”, determina o regulamento.

Em condições ‘normais’, Amorim poderia falar aos jornalistas na zona mista, como fez Silas há um ano, mas esse espaço também não existirá amanhã, devido às restrições decorrentes da pandemia.

Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.